Fluminense quer a vitória na Vila para deixar a lanterna

Em profunda crise no Campeonato Brasileiro, no qual é o lanterna, o Fluminense espera iniciar neste domingo a reação para evitar o rebaixamento. O problema é que a equipe tricolor enfrenta, às 16 horas, um adversário forte. Geralmente, vencer o Santos na Vila Belmiro é uma tarefa ingrata e todos nas Laranjeiras sabem disso. A começar pelo técnico Renato Gaúcho.

AE, Agencia Estado

30 de agosto de 2009 | 08h46

Segundo os matemáticos, o Fluminense precisa de dez vitórias em 17 jogos para se livrar do descenso. Por isso, só resta ao time ser ousado e buscar a vitória. Até um empate, nesta altura do campeonato, não pode ser considerado um bom resultado.

Se não bastasse essa pressão de vencer a qualquer custo, a equipe tricolor ainda convive com vários problemas extra-campo. Na sexta-feira, os jogadores ficaram surpresos com a demissão do chefe da equipe médica do clube, Michel Simoni.

Como de hábito, Renato Gaúcho fez mistério em relação à escalação do Fluminense, com o ânimo renovado após eliminar o Flamengo da Copa Sul-Americana, na última quarta. O técnico manteve segredo se a equipe vai jogar no esquema 4-4-2 ou no 3-5-2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.