Fluminense quer confirmar favoritismo contra Coritiba

Equipe carioca recebe time paranaense, no Maracanã, para se aproximar do líder Cruzeiro; Fred completa 200 jogos no clube

Estadão Conteúdo

09 de agosto de 2014 | 07h45

Vice-líder do Campeonato Brasileiro, o Fluminense é o favorito no jogo deste sábado, às 21 horas, no estádio do Maracanã, no Rio, contra o Coritiba, pela 14.ª rodada, que ocupa a zona de rebaixamento. Além das últimas atuações convincentes do time carioca, há outro motivo para o torcedor tricolor comparecer em grande número ao duelo. O atacante Fred completará 200 jogos com a camisa do clube.

Embora o técnico Cristóvão Borges não tenha anunciado a equipe e nem dado pistas durante o treino desta sexta-feira nas Laranjeiras do que vai fazer no jogo, é praticamente certo que Fred atue pelo menos durante alguns minutos do segundo tempo. Isso se não for escalado de início.

Nesta sexta, o camisa 9 falou sobre a expectativa de alcançar a marca histórica. "Completar 200 jogos num gigante do futebol brasileiro é sempre motivo de muita alegria e de muito orgulho. Hoje, eu me digo tricolor de coração, torcedor desse clube que aprendi a amar. O Fluminense já deu inúmeros exemplos do carinho por mim, e eu sempre tento retribuir da melhor forma", declarou Fred.

O treinador deve prosseguir com a sua ideia de revezamentos no time. Por isso, a tendência é que volte com Henrique, Valencia, Wagner e Rafael Sóbis, que não começaram a partida do meio de semana contra o América-RN, em Natal, pela Copa do Brasil.

O técnico Celso Roth pode colocar o Coritiba em campo sem um atacante fixo. O técnico utilizou na maior parte de seu último treinamento o meia Alex como jogador mais avançado e cinco atletas no meio de campo. Caso se confirme a expectativa, o time deverá contar com apenas o meia Robinho, que retorna de lesão, como opção de criação, além de Dudu, que deverá ter liberdade para avançar.

Sem vencer no Maracanã desde 2009, exatamente contra o rival tricolor, o time estará desfalcado do atacante Zé Eduardo, que será substituído por Robinho, e do zagueiro Luccas Claro, que terá Leandro Almeida em sua vaga. Na ala direita, Celso Roth deve optar por Reginaldo ou Norberto. Caso o segundo jogue pela lateral, o atacante Keirrison pode ganhar uma chance, mas essa possibilidade é remota.

Para o meia Robinho, o técnico deve manter Alex mais à frente. "O Alex é um bom finalizador e talvez por isso, com as opções táticas em outros setores, o técnico tenha feito essa opção. Mas independentemente disso, seja com dois ou três jogadores à frente, o Fluminense é um adversário muito difícil", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.