Lucas Merçon / Fluminense
Lucas Merçon / Fluminense

Fluminense reconhece partida ruim e se concentra na estreia na Sul-Americana

Time misto foi derrotado pelo Boavista no Campeonato Carioca; na terça, tricolor enfrenta o Unión La Calera

Redação, Estadão Conteúdo

01 de fevereiro de 2020 | 22h14

Os jogadores do Fluminense reconheceram que o time esteve longe de suas melhores atuações na derrota para o Boavista, por 1 a 0, na noite deste sábado, no Maracanã, pela quinta rodada da Taça Rio, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O time de Odair Hellmann perdeu os 100% de aproveitamento na temporada.

Mesmo com o revés, o Fluminense segue na liderança do Grupo A, com 12 pontos, seguido pelo Madureira, com dez. O Volta Redonda soma nove pontos e pode se igual ao time das Laranjeiras caso vença em casa a Portuguesa, neste domingo.

O Fluminense entrou em campo com um time bastante modificado. Foram cinco titulares poupados, pensando na estreia da Copa Sul-Americana contra o Union La Calera, do Chile, na próxima terça-feira, novamente no Maracanã.

"Foi um jogo bem abaixo do que estávamos fazendo e nosso desempenho acabou refletido no placar. O Boavista também tem muito mérito pela proposta que apresentou. Temos muito o que melhorar ainda", comentou o volante Hudson, um dos titulares usados neste jogo.

"É esquecer. Foi um jogo diferente, estranho. A gente martelou e não fez o gol. Temos que esquecer o Carioca e focar na Sul-Americana. Temos esse primeiro jogo em casa para fazer nosso papel, tentar um bom resultado diante nossa torcida para viajar com tranquilidade para o Chile", acrescentou o zagueiro Digão.

O defensor ainda garantiu o foco no duelo do meio de semana. "Agora que acabou o jogo, o professor e a comissão técnica vão nos passar as informações do La Carela. Aí, vamos focar e nos concentrar para buscar a classificação", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.