Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Fluminense se inspira na Sul-Americana para encerrar jejum diante do São Paulo

Time carioca chega à 12ª rodada da competição acumulando sequência de seis jogos sem vencer

Redação, Estadão Conteúdo

27 de julho de 2019 | 13h34

Embalado pela vitória fora de casa diante do Peñarol, pela Copa Sul-Americana, o Fluminense espera transferir o astral obtido após a ótima atuação em Montevidéu para o Campeonato Brasileiro. O time carioca chega à 12ª rodada da competição acumulando sequência de seis jogos sem vencer e tem pela frente o São Paulo, às 19h deste sábado no Maracanã.

A última vez que saiu de campo com os três pontos foi em 18 de maio, ainda pela quinta rodada, quando atropelou o Cruzeiro em casa por 4 a 1. Desde então, foram três empates e três derrotas que deixaram o clube da Laranjeiras na zona de rebaixamento, em 17º lugar na tabela, com nove pontos.

Um dos mais combativos na vitória por 2 a 1 sobre os uruguaios na última terça-feira, que deixou o time carioca com uma larga vantagem para o jogo de volta no próximo meio de semana no Rio, o volante Allan aponta a necessidade de virar bem a chave visando o jogo deste sábado em uma competição que inspira maiores cuidados.

"A situação na tabela incomoda bastante, até pela forma que a gente vem jogando. Tivemos boas atuações e jogamos melhor que os adversários muitas vezes, mas não conseguimos fazer os gols. Acredito que a partir de amanhã (sábado) as coisas vão começar a acontecer", aposta o camisa 29, uma das peças do tripé de meio campo do técnico Fernando Diniz ao lado de Paulo Henrique Ganso e Daniel.

Sobre o adversário deste sábado, Allan revela estar atento às características da equipe treinada por Cuca. "Eles mudaram o estilo de jogo. Parece que estão com um time mais veloz, com menos posse de bola, aproveitando mais os contra-ataques. Mas vamos tentar marcar da melhor forma para tentar vencer", comentou o volante.

Na busca pela tão sonhada recuperação no Brasileirão, Fernando Diniz já tem três desfalques confirmados para o duelo frente os paulistas. Um deles, o zagueiro Digão, está fora por suspensão devido à expulsão na derrota do último sábado diante do Vasco, em São Januário. Em seu lugar, a opção é Yuri.

Outra ausência é o atacante João Pedro, que mesmo recuperado de uma lesão no tornozelo será poupado neste sábado. Por fim, o atacante Nenê, ex-atleta do clube do Morumbi, não joga por questões contratuais. Seus respectivos substitutos no setor devem ser os mesmos atletas escalados contra o Peñarol: Yony González - destaque em Montevidéu com dois gols - e Marcos Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.