Fluminense só pensa em reforços para a Libertadores de 2008

Diretoria do clube das Laranjeiras quer definir reforços o quantos antes para a próxima temporada

24 de outubro de 2007 | 19h19

No sábado, o Fluminense recebe o Atlético-MG no Maracanã, mas o clube das Laranjeiras parece muito pouco preocupado com o confronto, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Técnico, jogadores e dirigentes falam mais sobre possíveis reforços - Dodô e o goleiro Felipe, do Corinthians, são os mais novos nomes a circular pelo clube - e sobre a disputa da Libertadores do ano que vem do que dos jogos restante pela competição nacional.   O coordenador de futebol Branco anunciou que o Fluminense busca um máximo de seis jogadores para reforçar o elenco. "Vamos ter um ano muito importante e a Libertadores é o ponto alto. Não vamos medir esforços para fazer um grande time. O planejamento é ganhar a Taça Guanabara para ter tranqüilidade no restante do Estadual", antecipou o dirigente, que não revelou nomes, mas pretende finalizar as contratações antes da volta das férias da equipe, em 2 de janeiro.   No começo desta semana, Branco, assim como o presidente do clube, Roberto Horcades, afirmou que o objetivo para a Libertadores era o argentino Riquelme, que está encostado no Villarreal, da Espanha. O jogador já afirmou que aceitaria disputar a Libertadores apenas por um clubes: o Boca Juniors.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série AFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.