Fluminense sonha com liderança isolada

O Fluminense pode tornar-se neste sábado líder isolado do Campeonato Brasileiro, caso vença ou empate com o Paraná, às 16 horas, em Volta Redonda (RJ), e a Ponte Preta, com quem divide a primeira colocação, com 20 pontos, tropece contra o São Paulo, às 18h10. Por isso, a equipe carioca quer fazer primeiro o dever de casa para depois torcer contra o time de Campinas.Nas Laranjeiras, porém, a euforia pela boa campanha não é sinônimo de menosprezo ao adversário. Muito pelo contrário. Pelo discurso do técnico Abel Braga, pode-se perceber isso. "Não se ganha jogo de véspera, mas começa a se perder. Vamos ter que correr muito se quisermos vencer o Paraná", declarou.A precaução do treinador tem explicação: a única derrota do Fluminense na competição ocorreu para uma equipe paranaense - 3 a 0 para o Coritiba, em Volta Redonda. Nada, entretanto, que o amedronte. "Foi uma situação bem diferente. Naquela oportunidade o desgaste físico da equipe, que disputava dois torneios, era enorme. Mas a vitória do Coritiba foi inquestionável", disse Abel.Um dos mais experientes do elenco, o goleiro Kléber faz suas as palavras do treinador. Acrescentou apenas que o Fluminense precisa tomar cuidado com o ataque do Paraná, a quem teceu elogios. "O Borges é um jogador forte, com boa presença de área e tem feito ótima dupla com Renaldo. Cuidado defensivo é fundamental para o time conquistar os três pontos nessa partida", avisou.Em relação à escalação da equipe, o técnico mantém uma dúvida. Beto é o mais cotado para formar dupla de ataque com Leandro, mas Rodrigo Tiuí corre por fora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.