Marcelo Sayão/EFE
Marcelo Sayão/EFE

Fluminense supera Cuenca e pega Nacional-URU nas quartas da Sul-Americana

Com gols de Digão e Richard, equipe de Marcelo Oliveira avança na competição continental

Wilson Baldini Jr., Estadão Conteúdo

04 Outubro 2018 | 21h34

O Fluminense está nas quartas de final da Copa Sul-Americana. O time das Laranjeiras derrotou o Deportivo Cuenca, por 2 a 0, nesta quinta-feira à noite, no Maracanã, e agora vai enfrentar na próxima fase o Nacional do Uruguai. No jogo de ida, em Quito, o time carioca vencera pelo mesmo placar.

Com a vantagem conquistada no Equador, o Fluminense entrou em campo visivelmente tranquilo. O Deportivo Cuenca, sem forças para atacar, adotou uma postura defensiva, aliada a um contra-ataque inofensivo.

Sem grande esforço, o primeiro gol do time carioca veio aos 33 minutos. Sornoza cobrou falta. Richard desviou a bola, que bateu na zaga equatoriana e sobrou para Digão, que, na pequena área, só teve trabalho para desviar do goleiro.

Se estava fácil com o empate, o gol praticamente encerrou a disputa. Apenas o Fluminense passou a jogar. Everaldo e Jadson tiveram boas chances, mas pararam na boa atuação do goleiro Heras.

Ao final do primeiro tempo, os jogadores do Cuenca se reuniram no centro do gramado e discutiram entre eles. O time voltou melhor para o segundo tempo e logo a um minuto quase conseguiu o empate depois de falhas de Mateus Norton e do goleiro Julio Cesar. Pita, com o gol vazio, chutou para fora.

O Fluminense deixou a iniciativa para o Cuenca e passou a atuar nos contra-ataques e até teve sucesso em pelo menos duas ocasiões, que pararam mais uma vez nas intervenções de Heras. Com a posse de bola, os equatorianos até exerceram uma pequena pressão.

Com o passar do tempo, o pequeno entusiasmo do Cuenca foi chegando ao fim e o Fluminense teve mais espaço para tocar a bola e procurar os espaços. E o segundo gol não demorou a sair. Em rápido contra-ataque, Everaldo deixou Richard na cara do gol. Ele só desviou: 2 a 0.

Com a vaga decidida, o jogo ganhou ritmo de treino. Junior Dutra e Marcos Junior tiveram a chance de ampliar o placar, mas foram displicentes na hora de finalizar e perderam as oportunidades.

O Fluminense agora voltará a campo pelo Campeonato Brasileiro. Na segunda-feira, novamente no Maracanã, receberá o Paraná pela 28ª rodada.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 2 X 0 DEPORTIVO CUENCA

FLUMINENSE - Júlio César; Ibañez, Gum e Digão; Léo (Mateus Norton), Jadson (Marcos Junior), Richard, Sornoza e Ayrton Lucas; Everaldo e Luciano (Júnior Dutra). Técnico: Marcelo Oliveira.

DEPORTIVO CUENCA - Heras; Carabalí, Bedoya, Sosa e Cuero; Mosquera, Rodríguez, Preciado (Quiñónez) e Martínez; Rojas (De La Cruz) e Pita. Técnico: Richard Páez.

GOLS - Digão, aos 33 minutos do primeiro tempo. Richard, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Andrés Rojas Noguera (Fifa/Colômbia).

CARTÃO AMARELO - Luciano, Sosa, Jadson, Mosquera, Bedoya, Richard e Marcos Junior.

RENDA - R$ 1.122.190,00.

PÚBLICO - 36.902 pagantes (39.157 presentes).

LOCAL - Maracanã, no Rio (RJ).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.