Fluminense tenta evitar abatimento após novo tropeço

O empate com o Barueri por 0 a 0 deixou o Fluminense novamente na lanterna do Campeonato Brasileiro e aumentou a pressão sobre a equipe. O técnico Renato Gaúcho e os jogadores reconhecem que o fator psicológico tem atrapalhado o time, mas prometem que haverá recuperação.

AE, Agencia Estado

24 de agosto de 2009 | 12h19

"Não vou me abater com o empate. Estamos sofrendo com esta situação, é visível o nosso abatimento e isso tem que passar", afirmou o treinador, preocupado em evitar o rebaixamento do Fluminense e já pensando no jogo contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro.

O lateral-direito Ruy reconheceu que a ansiedade tem atrapalhado o desempenho do Fluminense. "A parte psicológica está abalada. Estão todos querendo acertar e ajudar o time, mas acho que a ansiedade em muitos momentos vem atrapalhando. É hora da tranquilidade. Não tem ninguém fazendo corpo mole com a camisa do Fluminense", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.