Fluminense terá 5 desfalques na Paraíba

Com cinco desfalques, o Fluminense aposta na qualidade técnica e na motivação dos substitutos para sair de Campina Grande (PB) classificado para a segunda fase da Copa do Brasil. Para alcançar o objetivo, o time carioca terá de fazer dois ou mais gols nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), contra o Campinense, no estádio Ernani Sátiro. Chateado ainda com a contusão de Felipe, Alex, Rodrigo Tiuí, Leandro e Diego no treino de segunda-feira, o técnico Abel Braga explicou as razões do Fluminense entrar em campo disposto a eliminar o jogo de volta. "O grupo vai ganhar mais uma data, além de evitar um maior desgaste físico na Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca)", declarou o treinador, que optou por lançar Toró ao lado de Tuta no ataque. Ansioso para estrear com a camisa do Fluminense, o zagueiro Fabiano Eller dispensa o rótulo de "salvador da pátria" da zaga tricolor, criticada pelas más atuações na Taça Guanabara. "Não sou xerife nem salvador da pátria. Vou ajudar a equipe a melhorar a marcação, assim como cada jogador tem que cumprir bem a sua função", afirmou.

Agencia Estado,

16 de fevereiro de 2005 | 09h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.