Bruno Haddad/DIVULGAÇÃO
Bruno Haddad/DIVULGAÇÃO

Fluminense terá apenas um titular para pegar o Vasco no domingo

O lateral-direito Bruno teve de adiar suas férias porque o reserva Wallace está suspenso

AE, Agência Estado

29 de novembro de 2012 | 17h49

RIO - Depois de ser campeão brasileiro, a luta pelo título simbólico do segundo turno não vale muita coisa para o Fluminense. Por isso, o técnico Abel Braga decidiu por escalar uma equipe quase inteira de reservas no clássico de domingo diante do Vasco, no Engenhão. Só não é completamente de suplentes porque Wallace está suspenso com três amarelos. Bruno, assim, segue na lateral direita.

O jogador tem mais uma chance de mostrar serviço ao treinador e à diretoria, que planeja contratar Nei, do Internacional, para disputar posição com ele. Bruno não reclama de ter adiada as férias. "Para mim está tranquilo, até porque depois teremos a festa do Campeonato Brasileiro na segunda-feira. Depois tem jogos festivos e eu nem vou sair do Rio de Janeiro, vou passar as férias por aqui mesmo", disse ele.

De resto, um time repleto de garotos, ansiosos por mostrar serviço e começar a cavar uma vaga no elenco para 2013 e entre os 25 inscritos para a Libertadores do ano que vem. No treino desta quinta-feira nas Laranjeiras, Abel escalou a equipe com: Ricardo Berna; Bruno, Digão, Elivélton, e Thiago Carleto; Valencia, Diguinho, Fábio Braga e Higor; Marcos Junior e Samuel.

Marcos Júnior, que nesta semana foi convocado para o início dos treinamentos da seleção brasileira sub-20 para o Campeonato Sul-Americano da categoria, está esperançoso e já planeja a próxima temporada.

"Ano que vem estaremos focados na Libertadores. Sabemos que também teremos o Brasileiro, o Carioca, mas a Libertadores será o mais importante. Eu acho que ninguém é titular e nem reserva. Todo mundo faz parte de um grupo e o Abel confia em todos". Comentou o jovem atacante de 19 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.