Fluminense terá Marcão em Campinas

O Fluminense precisa da vitória amanhã, contra o Guarani, pelo Torneio Rio-São Paulo, às 21h40, em Campinas, para ainda sonhar em ficar entre os seis primeiros colocados do Torneio Rio-São Paulo e obter a classificação à Copa dos Campeões. A novidade na equipe é o retorno do volante Marcão, recuperado de uma contusão. Sem poder escalar o meia Paulo Isidoro, contundido, o técnico Oswaldo de Oliveira optou por recuar Roger para o meio-de-campo e Júlio César será o companheiro de Magno Alves, no ataque. A confirmação da escalação de Magno ocorreu somente hoje, depois que o jogador realizou um teste e não sentiu mais dores na coxa direita. Oliveira lembrou aos jogadores que a pressão pela vitória não pode incomodá-los. Para o treinador, a obrigação de vencer deve ser encarada pela equipe como um fator positivo. Apesar de atuar no campo adversário, o apoio da torcida, que vem vaiando o time em todas as apresentações, também foi pedido por Oliveira. Incomodado com as constantes vaias dos torcedores, o lateral-esquerdo Paulo César fez um desabafo e lembrou que é o titular do time e chegou a seleção brasileira por seus méritos. "Já fiz muito pelo Fluminense e isso deveria ser reconhecido", disse o jogador.

Agencia Estado,

19 Março 2002 | 19h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.