Fluminense vai para cima do Fortaleza

O Fluminense não pode tropeçar nesta quinta-feira contra o Fortaleza, às 20h30, em Volta Redonda (RJ), se quiser continuar na luta pela liderança do Campeonato Brasileiro até o término do primeiro turno - faltam três rodadas. Por isso, a equipe tricolor tem que fazer o dever de casa, mesmo enfrentando um adversário que não perde há dois jogos e que deve jogar na retranca, explorando o contra-ataque."Quando o Fluminense joga em casa, se atira mais ao ataque e o rival se defende mais. Além disso, as dimensões do campo de Volta Redonda são mais reduzidas, e isso nos dificulta", declarou o técnico Abel Braga, explicando a razão pela qual o Fluminense tem melhor campanha como visitante - venceu 5 vezes, empatou três e perdeu duas.Com o mando de campo, o time das Laranjeiras acumulou quatro triunfos, um empate e três tropeços. "Num campo menor, é mais fácil destruir do que construir", afirmou o goleiro Kléber, que alertou seus companheiros. "A marcação vai ser implacável e o Fluminense terá de usar a técnica para criar oportunidades".Para o jogo desta quinta-feira, Abel Braga fará duas modificações em relação ao time que derrotou o Atlético Mineiro, na última rodada. O lateral-direito Gabriel cumpriu suspensão e retorna na vaga de Schneider e, no ataque, Leandro será o companheiro de Tuta - Beto ficará como opção no banco de reservas."Espero repetir a boa atuação da última partida", disse Leandro, que fez seu primeiro gol no Brasileiro contra o Atlético-MG e espera repetir a dose. "Quero ajudar o Fluminense a brigar pelo título ou, ao menos, por uma vaga na Taça Libertadores".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.