Fluminense vê empate como bom resultado no Paraguai

Para o técnico Renato Gaúcho, jogo contra Libertad pela Libertadores vai exigir muito empenho dos jogadores

Agência Estado,

18 de março de 2008 | 19h27

O técnico Renato Gaúcho não despreza o empate no jogo desta quarta-feira, às 19h30, entre Fluminense e Libertad, em Assunção, no complemento da terceira rodada do Grupo 8 da Libertadores. O Tricolor tem quatro pontos, ocupa o segundo lugar, e o adversário é o lanterninha do grupo, sem ter pontuado. Com um empate, na avaliação de Renato Gaúcho, o Libertad já seria ‘carta fora do baralho’ na disputa de duas vagas para a segunda fase da competição. Veja também: Classificação Calendário e resultados da Libertadores  Na viagem da delegação carioca até a capital do Paraguai, o atacante Washington reclamou de indisposição. Melhorou ontem e está confirmado para enfrentar o Libertad. O técnico do Fluminense chegou a se preocupar com a situação de Washington e temeu ficar sem o atleta. Em poucos dias, Renato Gaúcho perdeu dois atacantes de peso - Dodô, por contusão, e Leandro Amaral, por decisão da justiça do trabalho. Apesar de manifestar certa simpatia por um empate, Renato Gaúcho não vai armar um esque ma LibertadGonzález; Balbuena, Benítez, Ardilles e Vera; Aquino, Pouso, Robles e Marín; Gamarra e OliveraTécnico: Ruben IsraelFluminenseFernando Henrique; Gabriel, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Ygor, Arouca, Conca e Thiago Neves; Cícero e WashingtonTécnico: Renato GaúchoÁrbitro: Hector Baldassi (ARG)Estádio: Defensores del Chaco, em AssunçãoHorário: 19h30defensivo e quer o Fluminense atacando em busca dos gols. Só pediu mais atenção nos contra-ataques e principalmente no começo do jogo, quando o time da casa deve exercer forte pressão, apoiado por sua torcida. "Libertadores é uma competição que requer inteligência, estratégia. Vamos jogar para vencer, mas sem afobação; quem tem essa obrigação é o Libertad, que perdeu as duas partidas disputadas até agora e está numa situação muito delicada na tabela de classificação", declarou Renato Gaúcho.

Tudo o que sabemos sobre:
FluminenseCopa LibertadoresLibertad

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.