Leo La Valle/EFE
Leo La Valle/EFE

Fluminense vence no fim e conquista classificação heroica na Libertadores

Equipe venceu o Argentinos Juniors por 4 a 2 fora de casa e garantiu a segunda vaga de seu grupo

AE, Agência Estado

21 de abril de 2011 | 00h19

Com valentia e muito poder de superação, o Fluminense foi brilhante e arrancou a classificação para a segunda fase da Libertadores na noite desta quarta-feira. Venceu o Argentinos Juniors por 4 a 2, na casa do adversário, em Buenos Aires, e foi beneficiado pelo empate sem gols entre Nacional e América do México, em Montevidéu. Fred foi o nome do jogo e fez dois gols, incluindo o tento salvador, aos 44 minutos do segundo tempo.

Como atrasou propositadamente o começo do seu jogo, o Fluminense teve dez minutos para marcar o quarto e decisivo gol, já sabendo o resultado do confronto no Uruguai.

Ao final da partida, houve uma pancadaria generalizada no gramado do estádio Diego Maradona. O meia Conca foi um dos que mais apanharam dos jogadores do Argentinos. A polícia local demorou a intervir e a briga se estendeu por minutos em várias faixas do campo.

Antes, com a bola rolando, a impressão era que o mandante vestia as cores do Fluminense. O time pressionava o Argentinos, criava oportunidades, não deixava a equipe rival atuar. Antes mesmo do primeiro gol, de Julio César, o Flu tinha chegado com perigo à área do goleiro Navarro duas vezes. Fred arriscava chutes de longe e comandava o ânimo do time carioca.

Numa falha de Gum, o Argentinos empatou. Mas, logo depois, Fred, de falta, devolveu a vantagem ao Flu. No segundo tempo, em novo erro da defesa tricolor, Oberman chutou da pequena área e conseguiu o empate.

Os cariocas, porém, não se abateram. Rafael Moura aproveitou rebote do goleiro Navarro e fez 3 a 2. Com o empate no jogo de Montevidéu bastava aos dois times mais um gol para permanecer na Libertadores. E o lance capital se deu aos 44 minutos, num pênalti polêmico do goleiro em Edinho. Fred, o nome do jogo, cobrou bem e deu a vaga ao Flu, que enfrentará na próxima fase o Libertad.

Argentinos Juniors - 2 - Navarro; Sabia, Torren (Oberman), Gentiletti (Sánchez Prette) e Prósperi; Mercier, Basualdo (Laba), Escudero e Rius, Niell e Salcedo. Técnico - Pedro Troglio.

Fluminense - 4 - Ricardo Berna; Mariano, Gum, Edinho e Julio César (Tartá); Valencia, Diguinho (Araújo), Marquinho e Conca; Rafael Moura e Fred. Técnico - Enderson Moreira.

Gols - Julio César, aos 17, Salcedo, aos 25, e Fred, aos 40 minutos do primeiro tempo; Oberman, aos 9, Rafael Moura, aos 23, e Fred, aos 44 minutos do segundo tempo.

Juiz - Wilmar Roldán (Colômbia). Cartões amarelos - Ricardo Berna, Diguinho, Basualdo, Prósperi, Gum e Escudero. Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio Diego Armando Maradona, em Buenos Aires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.