Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

'Foi minha pior partida', admite Gabriel Jesus sobre o clássico

Atacante perdeu a bola que originou o gol do São Paulo

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2015 | 07h00

O atacante Gabriel Jesus, uma das principais revelações do Palmeiras nos últimos anos, afirmou que o clássico contra o São Paulo foi sua pior partida pelo clube. O exemplo da fraca atuação foi o lance do gol do rival quando foi facilmente desarmado pelo volante Thiago Mendes. "Não fui bem, foi a minha pior partida", definiu o jogador de 18 anos. 

O jogador afirmou que tentou ajudar na marcação, mas não conseguiu contribuir no lado técnico. "Todo jogador tem o seu dia e não pude contribuir na parte técnica. Tentei correr, ajudei na parte da marcação e infelizmente, no lance do gol, não vi o Thiago Mendes. Acontece".

Compreensivo, o técnico Marcelo Oliveira afirmou que o jovem atacante vem sofrendo grande pressão. "O Gabriel sofre uma pressão muito grande e isso pode atrapalhá-lo. Eu o deixo em campo porque acredito que ele pode decidir o jogo. Não foi seu melhor jogo, foi abaixo, mas o time também não colaborou".

Gabriel Jesus afirma que o clássico vai servir como aprendizado. "Precisamos descansar, focar, tentar esquecer o clássico e pegar esse jogo ruim que fiz como aprendizado para não fazer mais isso. Agora é pensar na Copa do Brasil", apontou Gabriel Jesus

Nesta quarta-feira, o Palmeiras enfrenta o Internacional pelas quartas de final da Copa do Brasil. Com o empate por 1 a 1 no jogo do Beira-Rio, o Palmeiras se classifica com um empate por 0 a 0.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.