Cathal Mcnaughton/Reuters
Cathal Mcnaughton/Reuters

Fora, Cristiano Ronaldo divide atenções de Portugal

Com os três gols marcados na vitória sobre a Irlanda do Norte, Ronaldo agora é o 2.º maior artilheiro do país

GONÇALO JUNIOR - ENVIADO ESPECIAL, Agência Estado

08 de setembro de 2013 | 14h29

BOSTON - Embora esteja cortado por causa de uma tendinite do amistoso contra a seleção brasileira, terça-feira, em Boston, nos Estados Unidos, o atacante Cristiano Ronaldo continua sendo o centro das atenções da seleção portuguesa. Com os três gols marcados na vitória por 4 a 2 sobre a Irlanda do Norte, pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2014, o atacante do Real Madrid chegou aos 43, superou o lendário Eusébio, que havia feito 41 nos anos 1960, e se tornou o segundo maior artilheiro da história lusitana. Está bem próximo de superar Pauleta, o número 1 até agora, que marcou 47 vezes.

As comparações, no entanto, desagradam alguns. "Não quero comparar jogadores, não vou comparar o Cristiano com Eusébio, não dá para fazer uma coisa dessas. O que sei é que o Cristiano está num grande momento de forma e que isso é muito importante para nós", disse o atacante Nani em entrevista coletiva no hotel em que a seleção está concentrada em Boston.

O craque português pediu desculpas aos fãs pela ausência. "Infelizmente não poderei disputar a partida contra o Brasil. Eu estou lesionado. Agradeço ao apoio de vocês." O português já está em Madri para começar o processo de reabilitação. O Real tem jogo marcado para o próximo sábado, contra o Villarreal, pelo Campeonato Espanhol.

A artilharia de Cristiano Ronaldo é um tema tão importante para os portugueses quanto à preparação para o jogo desta terça-feira. O próprio Nani, que perdeu a posição para Vieirinha nos últimos jogos, espera ter uma nova chance com a ausência de Ronaldo. "Esse é o tipo de partida que faz o jogador crescer. Será importante participar", disse. "Temos jogadores jovens que podem mostrar seu futebol", disse o meia Nelson Oliveira.

Os jogadores de Portugal tiveram folga neste domingo e farão um treinamento na segunda-feira à tarde no Gillette Stadium, palco do amistoso contra o Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.