Reprodução Instagram Daniel Alves
Reprodução Instagram Daniel Alves

Fora da Copa, Daniel Alves passa por cirurgia e diz que 'tudo correu bem'

Jogador de 35 anos foi operado para correção de problema no joelho no centro de ortopedia Pitié Salpetriere, em Paris

Estadão Conteúdo

05 de junho de 2018 | 17h58

O lateral-direito Daniel Alves passou nesta terça-feira por cirurgia no joelho direito na tentativa de corrigir o problema que o tirou da Copa do Mundo. O jogador de 35 anos foi operado no centro de ortopedia Pitié Salpetriere, em Paris.

+ Willian diz viver melhor momento da carreira, mas admite: 'Não posso me acomodar'

+ Pelé vê Brasil como um dos favoritos na Copa, mas diz: 'Não temos coletivo forte'

Momentos depois do procedimento, Daniel Alves utilizou as redes sociais para informar que correu tudo bem e postou uma foto brincando com os efeitos da anestesia. Na imagem, Daniel Alves aparece com a toca médica enterrada na cabeça, cobrindo seus olhos.

"Faz algumas horas acabei de iniciar o meu processo de recuperação e, graças a Deus, tudo correu bem. Como podem apreciar na foto a anestesia não fez efeito colaterais no Good Crazy e tudo continua igual. Nos vemos pronto, mais rápido, mais forte e mais Good Crazy", escreveu.

O Paris Saint-Germain publicou uma nota em seu site confirmando a cirurgia e não deu detalhes sobre o prazo de recuperação. O clube informou apenas que houve a demora na realização da cirurgia aconteceu por conta de "uma técnica cirúrgica que deve minimizar seu tempo de inatividade".

 

No anúncio do corte, o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, informou que o prazo para recuperação seria de seis meses. Daniel Alves, de 35 anos, sofreu um descolamento dos ligamentos do joelho direito.

A contusão aconteceu no dia 8 de maio, no segundo tempo da decisão da Copa da França, contra o Les Herbiers, no último jogo do Paris Saint-Germain na temporada. As primeiras informações do clube parisiense foram que a lesão não preocupava e que ele se recuperaria a tempo da Copa. No entanto, após a realização de novos exames, com a presença de Lasmar em Paris, constatou-se que seria necessária a intervenção cirúrgica.

Para a vaga de Daniel Alves, Tite convocou Fagner, do Corinthians. Com isso, Danilo, do Manchester City, ganhou a posição de titular. O Brasil ainda tem um amistoso antes do Mundial. No próximo domingo, enfrentará a Áustria, em Viena.

A estreia na Copa do Mundo está marcada para o dia 17, diante da Suíça, na cidade de Rostov. A equipe de Tite está no Grupo E, que conta ainda com Sérvia e Costa Rica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.