Reprodução Instagram Daniel Alves
Reprodução Instagram Daniel Alves

Fora da Copa, Daniel Alves passa por cirurgia e diz que 'tudo correu bem'

Jogador de 35 anos foi operado para correção de problema no joelho no centro de ortopedia Pitié Salpetriere, em Paris

Estadão Conteúdo

05 Junho 2018 | 17h58

O lateral-direito Daniel Alves passou nesta terça-feira por cirurgia no joelho direito na tentativa de corrigir o problema que o tirou da Copa do Mundo. O jogador de 35 anos foi operado no centro de ortopedia Pitié Salpetriere, em Paris.

+ Willian diz viver melhor momento da carreira, mas admite: 'Não posso me acomodar'

+ Pelé vê Brasil como um dos favoritos na Copa, mas diz: 'Não temos coletivo forte'

Momentos depois do procedimento, Daniel Alves utilizou as redes sociais para informar que correu tudo bem e postou uma foto brincando com os efeitos da anestesia. Na imagem, Daniel Alves aparece com a toca médica enterrada na cabeça, cobrindo seus olhos.

"Faz algumas horas acabei de iniciar o meu processo de recuperação e, graças a Deus, tudo correu bem. Como podem apreciar na foto a anestesia não fez efeito colaterais no Good Crazy e tudo continua igual. Nos vemos pronto, mais rápido, mais forte e mais Good Crazy", escreveu.

O Paris Saint-Germain publicou uma nota em seu site confirmando a cirurgia e não deu detalhes sobre o prazo de recuperação. O clube informou apenas que houve a demora na realização da cirurgia aconteceu por conta de "uma técnica cirúrgica que deve minimizar seu tempo de inatividade".

 

No anúncio do corte, o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, informou que o prazo para recuperação seria de seis meses. Daniel Alves, de 35 anos, sofreu um descolamento dos ligamentos do joelho direito.

A contusão aconteceu no dia 8 de maio, no segundo tempo da decisão da Copa da França, contra o Les Herbiers, no último jogo do Paris Saint-Germain na temporada. As primeiras informações do clube parisiense foram que a lesão não preocupava e que ele se recuperaria a tempo da Copa. No entanto, após a realização de novos exames, com a presença de Lasmar em Paris, constatou-se que seria necessária a intervenção cirúrgica.

Para a vaga de Daniel Alves, Tite convocou Fagner, do Corinthians. Com isso, Danilo, do Manchester City, ganhou a posição de titular. O Brasil ainda tem um amistoso antes do Mundial. No próximo domingo, enfrentará a Áustria, em Viena.

A estreia na Copa do Mundo está marcada para o dia 17, diante da Suíça, na cidade de Rostov. A equipe de Tite está no Grupo E, que conta ainda com Sérvia e Costa Rica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.