Radek Pietruszka/EFE
Radek Pietruszka/EFE

Fora da Copa de 2014, seleção polonesa demite técnico

Campanha fraca e derrota para Inglaterra provocaram demissão de Waldermar Fornalik

AE-AP, Agência Estado

16 de outubro de 2013 | 09h36

VARSÓVIA - A derrota por 2 a 0 para a Inglaterra na última terça-feira, em Wembley, na rodada final das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014, marcou a última partida de Waldemar Fornalik no comando da Polônia. Nesta quarta, a Associação Polonesa de Futebol anunciou a demissão do treinador, que não conseguiu vaga na competição. A derrota encerrou uma campanha fraca da Polônia nas Eliminatórias. A seleção terminou na quarta colocação do Grupo H, com 13 pontos, bem distante da líder Inglaterra, que marcou 22 pontos e garantiu vaga no Mundial, e da vice-líder Ucrânia, que vai à repescagem com 21 pontos.

Waldemar Fornalik ficou pouco mais de um ano no comando da Polônia, após substituir Franciszek Smuda. Nesta quarta, o presidente da federação do país, o ex-jogador Zbigniew Boniek, fez questão de agradecer o treinador pelo trabalho. "Eu gostaria de agradecer a Fornalik pelo apoio durante esse ano e desejar-lhe boa sorte no seu próximo trabalho." O próprio treinador falou sobre o período que passou à frente da seleção. "Foi um momento especial para mim. Grande emoção, grande empenho e trabalho. Muito obrigado a todos aqueles com quem dividi o trabalho."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção polonesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.