Fora da Copa do Brasil, Portuguesa dispensa Zé Maria

Além do lateral, diretoria rescinde contrato com mais 3 atletas e promove reformulação para o Brasileiro

Agência Estado,

24 de abril de 2008 | 21h33

O lateral-direito Zé Maria foi uma das vítimas do "dia seguinte" da Portuguesa após a eliminação da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, um dia após a derrota por 2 a 1 para o Botafogo, no Engenhão, o clube anunciou a dispensa do experiente jogador, que foi revelado no próprio clube, na década de 90, alegando que ele não estava correspondendo à expectativa gerada por seus altos salários. Além de Zé Maria, mais três jogadores foram dispensados: os também laterais Osmar e Juninho Goiano e o meia Ramon. Para a disputa do Brasileiro, o técnico Vagner Benazzi pretende contar com 30 jogadores, sete deles vindos das categorias de base. A estréia da Portuguesa, que volta à primeira divisão nacional depois de cinco anos seguidos na Série B, está marcada para o dia 11 de maio: será contra o Figueirense, no Canindé.

Tudo o que sabemos sobre:
PortuguesaZé MariaCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.