Str/EFE
Str/EFE

Fora da Copa, Egito comemora tricampeonato em Angola

Mohamed Nagui marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre a seleção de Gana na descisão

AE, Agencia Estado

31 de janeiro de 2010 | 18h03

Fora da Copa do Mundo da África do Sul, a seleção do Egito comemorou o tricampeonato da Copa Africana de Nações, neste domingo, como um prêmio de consolação. Os egípcios venceram por 1 a 0 a equipe de Gana, que está garantida no Mundial. Mohamed Nagui foi o autor do único gol do jogo.

"Desde o primeiro dia em que chegamos aqui, nós dissemos que venceríamos o torneio", afirmou o assistente-técnico do Egito, Shawki Garib. "E nós conseguimos, mesmo que tenha sido mais difícil do que em 2006 e 2008. Estou muito orgulhosos dos meus jogadores".

Com a vitória, o Egito chegou ao seu sétimo título na Copa Africana e se consolidou como o maior vencedor da competição. Curiosamente, a seleção não exibe o mesmo desempenho nos torneios mais importantes, como a Copa do Mundo. Os egípcios participaram da Copa somente em 1934 e 1990.

Invicto há 19 jogos na Copa Africana, o Egito perdeu a chance de ir para o Mundial ao perder para a Argélia nas eliminatórias, em novembro. "Nós jogamos melhor durante os grandes torneios do que nas eliminatórias", explicou Garib. "É mais fácil desenvolver algum entrosamento quando se joga durante três semanas", completou o assistente.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa Africana de NaçõesEgito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.