Fora da Eurocopa, Bulgária demite Lothar Matthäus

O alemão Lothar Matthäus não é mais treinador da Bulgária. Insatisfeita com a fraca campanha da seleção nas Eliminatórias para a Eurocopa de 2012, a federação local decidiu demitir o técnico. O time búlgaro é apenas o quarto colocado do Grupo G, com cinco pontos em sete jogos, e não tem mais chance de classificação para o torneio.

AE-AP, Agência Estado

19 de setembro de 2011 | 12h12

A entidade e o treinador chegaram a acertar verbalmente a renovação do vínculo, mas os dirigentes mudaram de ideia após as últimas derrotas para Inglaterra e Suíça nas Eliminatórias. De acordo com eles, o clima entre Matthäus e os jogadores não era dos melhores.

"O contrato de Matthäus não será prorrogado", informou o presidente da Federação Búlgara de Futebol, Borislav Mihaylov. "A Bulgária conseguiu poucos resultados com ele e há tensão entre ele e os jogadores", completou.

Com a saída do alemão, a seleção será dirigida interinamente por Mihail Madaski, técnico das divisões de base da Bulgária. "Mihail Madaski comandará a equipe, mas será uma opção temporária", apontou Mihaylov.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBulgáriaLothar Matthäus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.