Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Fora da Libertadores, jogadores reconhecem ano frustrante do Corinthians

Derrota para o Cruzeiro no Mineirão acabou com o sonho alvinegro

Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2016 | 22h02

Os jogadores do Corinthians lamentaram a derrota para o Cruzeiro, em Minas Gerais, mas principalmente a temporada ruim, com muitas trocas de treinadores (três) e a chegada de jogadores para ocupar o lugar dos que saíram. Marlone, autor de um dos gols na derrota por 3 a 2 neste domingo, reconheceu o ano desastroso e tentou explicar a ausência do time na próxima edição da Copa Libertadores. "O ano foi de muitas mudanças, com a chegada de jogadores novos. Mas isso não pode ser desculpa", disse.

Marlone foi cirúrgico para se deferir ao elenco e a ele próprio. "Quem chega ao Corinthians deve saber a necessidade de honrar essa camisa. Estamos todos frustrados. A Libertadores é o nosso objetivo". O Corinthians ficou em sétimo lugar no Campeonato Brasileiro no ano em que a Conmebol aumentou de quatro para seis vagas na Libertadores distribuídas ao País através da competição.

Quem também mostrou-se frustrado com a temporada foi o volante Cristian. "Temos de pedir desculpas para a nossa torcida. Foi um ano muito ruim. Tivemos jogadores indo embora, troca de treinadores. Não foi nesta partida que deixamos a desejar ou que perdemos a vaga na Libertadores", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.