Divulgação
Divulgação

Fora de casa, Coritiba tenta acabar com longo jejum diante do Sport

Técnico Marquinhos Santos não poderá contar com o meia Alex e o atacante Zé Love, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelos

Julio Cesar Lima e Angela Lacerda, Estadão Conteúdo

21 Setembro 2014 | 09h05

Animado com a grande vitória de virada sobre o vice-líder São Paulo na última quarta-feira, 17, que o tirou da zona de rebaixamento do Brasileirão, o Coritiba vai precisar quebrar um tabu para se manter fora do grupo dos quatro últimos colocados por mais uma rodada. O time paranaense nunca ganhou fora de casa do Sport, contra quem joga neste domingo, 21, a partir das 16 horas, na Ilha do Retiro, no Recife - até hoje, foram quatro empates e oito derrotas como visitante.

O técnico Marquinhos Santos não poderá contar com o meia Alex e o atacante Zé Love, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelos. Assim, ele deve escalar Dudu e Elber, o que deixaria Joel mais isolado no ataque.

Outra opção, porém, seria colocar o volante Gil na vaga de Alex, deixando Dudu como opção no banco de reservas. Nesse caso, Marquinhos Santos terá um time mais forte na marcação, para tentar superar o Sport no Recife.

Já pela equipe pernambucana, diante da irritação e ansiedade da torcida do Sport, que segundo o goleiro Magrão tem criticado mais do que apoiado, seis jogadores rubro-negros fizeram um apelo aos torcedores do time durante entrevista coletiva, na última sexta-feira, 19, no Recife. Eles querem voltar a contar com o apoio e a vibração da torcida, que consideram fundamental para estimular o time no Campeonato Brasileiro. 

Na última disputa, quando o Sport empatou em 0 a 0 contra o Internacional, em casa, o time chegou a ser vaiado, em um jogo em que o técnico Eduardo Baptista elogiou a atuação dos jogadores. Na sexta falaram cinco atletas mais antigos e também o "novato" Diego Souza, que relembrou a força da torcida que ele costumava enfrentar quando defendia times adversários.

Depois de "castigar" o atacante Neto Baiano, colocando-o no banco de reservas por rebeldia, Eduardo Baptista voltou a escalá-lo para o jogo deste domingo contra o Coritiba. O Sport iniciou a rodada na oitava colocação, com 32 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.