Ulisses Job/Criciúma.com.br
Ulisses Job/Criciúma.com.br

Fora de casa, Oeste segura empate sem gols com Criciúma pela Série B

Goleiro Tadeu, da equipe de São Paulo, foi o destaque da partida

Estadão Conteúdo

02 Outubro 2018 | 22h54

Em uma noite chuvosa e de pouca inspiração, Criciúma e Oeste ficaram no empate sem gols nesta terça-feira, no estádio Heribero Hülse, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O goleiro Tadeu foi um dos poucos destaques, tendo fechado o gol, principalmente, no primeiro tempo.

Com o resultado, o Criciúma foi para o seu sétimo jogo sem derrota e continuou na 11.ª posição, com 40 pontos, mesma pontuação do Oeste, 12º, com menos vitórias: 10 a 9. O time paulista somou sua quarta partida de invencibilidade.

Tadeu foi o nome do Oeste no primeiro tempo. O goleiro foi o responsável por impedir que o Criciúma largasse na frente nos 45 minutos iniciais. Ele e a chuva, que não deu trégua um minuto sequer. Para um time que aposta na velocidade, a equipe de Barueri foi facilmente anulada pelo rival.

O goleiro começou a trabalhar logo no minuto inicial. Após cobrança de escanteio, Liel mandou na trave. A bola sobrou para Nino, que parou em Tadeu. Logo na sequência, o camisa 1 pegou o chute chapado de Zé Carlos. Os milagres não pararam por aí. Carlos Eduardo disparou em velocidade, invadiu a área e chutou para defesa de Tadeu, que ainda fez um milagre na tentativa, de fora da área, de Vitor Feijão.

O jogo acabou caindo de produção. Os dois times pareciam desgastados devido o gramado pesado e não conseguiam criar. Truncado, a partida ficou 30 minutos sem ter uma jogada sequer de perigo. O susto ficou por conta de Tadeu. O goleiro foi atendido no gramado com dores nas costas, mas continuou em campo.

A partida foi ganhar em emoção apenas nos minutos finais, quando brilhou novamente a estrela do goleiro Tadeu. Em cabeceio de Liel, o camisa 1 fez uma defesa espetacular para assegurar o empate em Santa Catarina.

Na próxima rodada, o Criciúma enfrenta o Brasil de Pelotas na terça-feira, às 21h30, de novo no estádio Heriberto Hülse. Em 13 de outubro, o Oeste recebe o Fortaleza, às 16h30, na Arena Barueri, em Barueri (SP).

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 0 X 0 OESTE

CRICIÚMA - Luiz; Carlos Eduardo (Ralph), Nino, Sandro e Marlon; Jean Mangabeira, Liel, Marlon Freitas e Elvis (Alex Maranhão); Vitor Feijão e Zé Carlos (Joanderson). Técnico: Mazola Júnior.

OESTE - Tadeu; Adriano Alves, Joilson, Patrick e Conrado (Guilherme Romão); Rodrigo Souza, Betinho, Marciel e Mazinho (Felipe); Pedrinho (Edilson) e Marcio Vieira. Técnico: Roberto Cavalo.

ÁRBITRO - Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN).

CARTÕES AMARELOS - Alex Maranhão e Vitor Feijão (Criciúma); Betinho (Oeste).

RENDA -R$ 52.035,00.

PÚBLICO - 3.558 torcedores.

LOCAL - Estádio Heribero Hülse, em Criciúma (SC).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.