Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Fora do clássico, Borja vai ao Uruguai receber prêmio

Colombiano, que ainda não está com documentação em ordem, estará na premiação Rei da América

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

21 Fevereiro 2017 | 06h00

O atacante Miguel Borja deverá ser inscrito no Campeonato Paulista no lugar do lesionado Moisés, que ficará fora da equipe por seis meses. Pelo regulamento, só pode haver uma troca na relação dos 28 caso o clube apresente laudo provando que o jogador sofreu uma lesão que o impede de voltar até o fim do Paulista. Borja está finalizando os trâmites burocráticos para ser regularizado.

A expectativa é de que o visto de trabalho de Borja saia ainda nesta semana. Sem chances de ser escalado para o clássico de amanhã, contra o Corinthians, o colombiano ganhou permissão para viajar ao Uruguai onde será um dos homenageados do prêmio Rei da América 2016, entregue pelo jornal El País.

Borja fez alguns treinos com o Atlético Nacional, da Colômbia, antes de concluir a negociação com o Palmeiras, mas ainda precisa cumprir um cronograma especial de preparação física.

Como perderá treinos devido à viagem, dificilmente será relacionado para o jogo de sábado, contra a Ferroviária, no Allianz Parque - mesmo que a documentação esteja resolvida até lá. Ele deve estrear, portanto, contra o Red Bull, no início de março, em Campinas. No dia 8 de março, o Palmeiras faz sua estreia na Libertadores contra o vencedor do confronto entre Junior Barranquilla, da Colômbia, e Atlético Tucuman, da Argentina, no Allianz Parque.

Arouca, que se recupera de cirurgia no tornozelo, e Hyoran, em processo de fortalecimento muscular, são os outros atletas que não estão disponíveis no Estadual.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.