Alexandre Loureiro/Divulgação - 5/8/2011
Alexandre Loureiro/Divulgação - 5/8/2011

Fora do CTI, técnico Ricardo Gomes inicia dieta oral

Boletim médico desta terça-feira apontou que a sonda de nutrição será retirada do paciente

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2011 | 14h17

RIO - O quadro do técnico Ricardo Gomes, internado no Hospital Pasteur, no Rio de Janeiro, recuperando-se de um Acidente Vascular Encefálico (AVE ou AVC), segue evoluindo favoravelmente. O boletim médico desta terça-feira apontou que a sonda de nutrição será retirada do paciente, que iniciará a dieta oral.

Este procedimento só será possível graças à boa resposta do treinador nas primeiras 24 horas que passou em quarto privativo, após 15 dias internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). "Ele segue lúcido, respirando espontaneamente e interagindo bem com os familiares e os profissionais de saúde", explicou o boletim.

Ricardo Gomes seguirá com o trabalho diário de fisioterapia motora, além de sessões de fonoaudiologia. Apesar da evolução, ainda não há previsão de alta e as visitas ao treinador estão restritas aos familiares e amigos próximos.

O treinador está internado no Hospital Pasteur desde o dia 28 de agosto, quando sofreu um AVE durante o clássico entre Vasco e Flamengo, que terminou empatado por 0 a 0. Na mesma noite, ele passou por uma cirurgia para a drenagem de sangue no cérebro e desde então vem mostrando melhora em seu quadro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRicardo GomesAVC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.