Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Fora do Gauchão, Internacional faz jogo-treino com reservas

Eliminado de forma precoce no Estadual, equipe terá intervalo de 21 dias sem entrar em campo

Estadão Conteúdo

23 de março de 2018 | 13h42

Sem compromissos oficiais pelas próximas duas semanas, o Internacional manteve os trabalhos nesta sexta-feira, dois dias após ser eliminado pelo Grêmio nas quartas de final do Campeonato Gaúcho. Antes de ganhar folga no fim de semana, o elenco trabalhou nesta manhã.

+ Moledo pede que atuação contra o Grêmio sirva de 'parâmetro' para o Inter

Os titulares fizeram atividades físicas na academia, enquanto os reservas participaram de um jogo-treino. O técnico Odair Hellmann escalou a equipe principal com Keiler; Araújo, Thales, Alan e Ruan; Charles, Fabinho, Rossi, Vitinho e Wellington Silva; Brenner. O outro time foi formado por Daniel; Gabriel Silva, Wind, Banguelê e Jefferson Vitor; Jefferson, Iago, Ronald, Edson e Álvaro; Igor.

O atacante Rossi e o volante Fabinho foram os destaques da atividade. Não por acaso foi dos pés da dupla que saiu o único gol do jogo-treino, na vitória do time principal por 1 a 0. Fabinho fez a jogada que culminou no gol de Rossi. A atividade contou com dois tempos de 30 minutos.

A ausência do jogo-treino foi o meia Camilo, que sofreu uma pancada no Gre-Nal de quarta-feira e apenas fez tratamento nesta sexta. Maior liderança da equipe colorada, o meia D'Alessandro apenas acompanhou parte da atividade, do lado de fora, na companhia do treinador.

Eliminado de forma precoce no Estadual, o Inter tem um intervalo de 21 dias sem entrar em campo para jogos oficiais. O time só voltará aos gramados para o duelo de ida contra o Vitória, pela quarta fase da Copa do Brasil, no dia 11 de abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.