Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Fora do time do Cruzeiro há cinco rodadas, Pedro Rocha volta aos treinos

Atacante foi novidade nesta segunda-feira, na reapresentação do elenco após empate com o Bahia

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2019 | 22h12

Pedro Rocha foi a novidade no treino do Cruzeiro, nesta segunda-feira à tarde, na Toca da Raposa II. Afastado da equipe há cinco jogos por causa de uma lesão no tornozelo esquerdo, o atacante participou dos exercícios juntamente com os atletas que não participaram do empate por 1 a 1 com o Bahia, domingo, no Mineirão.

Suas chances de ser relacionado para o duelo de quarta-feira, em Curitiba, diante do Athletico-PR, às 21h30, são remotas, pois o jogador não atua com sequência desde setembro. O mais certo é que fique como opção no banco de reservas para o clássico com o Atlético-MG, domingo, novamente no Mineirão.

Uma ausência certa no Paraná será o lateral-direito Orejuela, expulso contra o Bahia. Edilson deve herdar a vaga. Já Fabrício Bruno, que cumpriu suspensão, terá condições de estar na equipe, mas o técnico Abel Braga deve manter a zaga com Léo e Cacá. Dedé continua se recuperando de uma cirurgia no joelho direito por intermédio de sessões de fisioterapia.

Outra baixa certa será o atacante Fred, que cumprirá suspensão após levar o terceiro cartão amarelo no fim de semana. No domingo, o técnico Abel Braga já adiantara que o substituto seria Sassá, reserva que acabou definindo o empate no Mineirão, ao marcar o gol do time cruzeirense.

"É sempre importante estar jogando. Esse ano está sendo muito importante para mim aqui no Cruzeiro pois não tive lesões. Espero que na quarta-feira eu possa entrar, dar o meu melhor, fazer um grande jogo e, quem sabe, por uma pulguinha na orelha do Abel", brincou Sassá, ao se referir à disputa de posição com os titulares do Cruzeiro.

Com 33 pontos, o Cruzeiro é o 16º colocado no Brasileiro, com dois pontos de vantagem para o Fluminense. Os mineiros poderão ser superados pelos cariocas, caso empatem no Paraná e o tricolor das Laranjeiras vença o São Paulo, no Morumbi, na quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.