Fora, Ponte Preta quer somar ponto contra o Atlético-PR

Após passar várias semanas afundada na crise, a Ponte Preta ganhou um pouco de paz após a vitória sobre o Corinthians, na última quarta-feira. Agora, o time de Campinas espera manter o ambiente menos tenso. Para isso, porém, terá de surpreender o embalado Atlético Paranaense, neste domingo, às 18h30, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, no fechamento da 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

22 de setembro de 2013 | 09h24

A vitória contra o Corinthians encerrou uma sequência de oito jogos sem vitórias no Brasileirão, sendo sete derrotas. Os três pontos conquistados, contudo, foram insuficientes para tirar o time da penúltima colocação, onde possui apenas 19 pontos.

Com a experiência de ter conquistado o tetracampeonato com a seleção brasileira, o técnico Jorginho sabe que a vitória ainda está longe de ter solucionado os problemas do clube. "Temos que entender que ainda está muito difícil e precisamos jogar todas as partidas dessa forma", explicou.

Depois de conquistar a sua primeira vitória à frente da Ponte Preta, Jorginho pretende manter a mesma base para o jogo deste domingo. Suas únicas preocupações eram com o volante Alef e o atacante William, que deixaram a partida passada com dores musculares. Ambos apenas correram em volta do gramado, no treino de sexta, mas não devem ser problemas.

Após cumprir suspensão, o zagueiro César volta a ficar à disposição, mas Diego Sacoman deve ser mantido ao lado de Ferron. Já o meia Elias, emprestado pelo Atlético, está impedido de jogar por contrato. O mesmo acontece com o lateral-esquerdo Rodrigo Biro e o volante Bruno Silva, que pertencem à Ponte Preta e estão no clube paranaense.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.