Reuters
Reuters

Fora por lesão, Tevez irrita torcida chinesa ao visitar a Disneylândia em folga

Argentino não tem tido um bom começo no futebol da China, apesar da expectativa e do alto salário

Estadão Conteudo

16 de abril de 2017 | 11h26

O atacante Carlos Tevez, o jogador de futebol mais bem pago do mundo na atualidade, provocou a ira da torcida do Shangai Shenhua ao ter sido visto, neste domingo, passeando pela Disneylândia em dia de jogo do time pelo Campeonato Chinês. Oficialmente, o atacante ficou de fora da partida devido a uma lesão.

O argentino, que receberá um salário anual de 38 milhões de euros (cerca de R$ 126,7 milhões) da equipe chinesa, foi fotografado enquanto passeava pelo franquia do famoso parque de diversões norte-americano em Xangai. A atitude do jogador repercutiu muito mal entre torcedores na internet.

"Desembolsam dezenas de milhões de euros para que se pague uma visita guiada a Xangai!", esbravejou um internauta no site de fãs de futebol Hupu. "Me pergunto se o Shenhua cobriu os seus gastos (de Tevez) na Disneylândia", questionava outro torcedor.

De acordo com o porta-voz do Shanghai Shenhua, o argentino foi à Disneylândia "a título pessoal". Por isso, não há motivo para puni-lo. Tevez sofreu uma lesão muscular no tornozelo na partida anterior do time chinês. Apesar da ausência do argentino, a equipe venceu o Changchun Yatai por 3 a 2.

Desde que chegou à China, Tevez não brilhou como se esperava. O ex-jogador de Corinthians, Manchester United, Manchester City e Juventus marcou apenas uma vez em quatro jogos disputados pelo Shanghai Shenhua, que realiza uma campanha fraca no campeonato nacional - ocupa a 9ª posição.

RODADA

Neste domingo, dois jogos foram disputados pela primeira divisão do Campeonato Chinês. O Guangzhou Evergrande venceu o Tiajin Teda por 3 a 0, fora de casa, com dois gols de Ricardo Goulart, ex-Cruzeiro. Outro brasileiro, o catarinense Aloisio dos Santos marcou o gol do Hebei CFFC no empate por 1 a 1 com o Yanbian, também na casa do adversário.

Já no último sábado, Alexandre Pato salvou o Tianjin Quanjian de uma derrota em casa ao marcar o gol de empate (1 a 1) contra o Shanghai SIPG. Foi o primeiro do atacante com a camisa do time chinês. Já Ramires, que brilhou por Cruzeiro, Chelsea e seleção brasileira, livrou o Jiangsu Suning de perder para o Henan Jianye em outro duelo do dia. O jogo também terminou empatado por 1 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebol InternacionalfutebolTevez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.