Forlán diz que prêmio é recompensa ao seu futebol

O centroavante uruguaio Diego Forlán foi eleito, neste domingo, o melhor jogador do Mundial da África do Sul ao receber da Fifa o prêmio Bola de Ouro. O anúncio saiu logo após a decisão do título, ganho pela seleção da Espanha frente a Holanda, em Johannesburgo.

AE, Agência Estado

11 de julho de 2010 | 21h39

Veja também:

link Forlán desbanca finalistas e é o melhor da Copa

linkAlemão Müller é a revelação do Mundial  

linkJOGO - Leia como foi Holanda 0x1 Espanha

especialPAPEL DE PAREDE - 1024 / 1028

mais imagens GALERIA - Imagens da final

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação

Com cinco gols em sete jogos, recebeu 23,4% dos votos. O holandês Wesley Sneijder obteve 21,8% e o espanhol David Villa, 16,9%. Forlán foi o único dos três jogadores que não jogou a final da Copa do Mundo. "É uma recompensa, graças a meus companheiros", publicou em seu Twitter.

O uruguaio conquistou em 2010 o título da Liga Europa juntamente com os companheiros do Atlético de Madrid. "Os gols que fiz serviram e isso me conforta porque ajudou a chegarmos onde chegamos (no Mundial de 2010)", complementou.

"As pessoas no Uruguai estão felizes porque a equipe foi muito bem. Eles nos querem assim, valorizando o futebol do país", complementou o atacante.

Segundo Oscar Tabárez, "sua atuação (Forlán) foi de acordo com sua referência na seleção. Muitos jovens dizem que ele é o melhor jogador uruguaio. E isto porque ele não pôde jogar contra a Holanda na sua melhor forma", complementou o treinador do Uruguai.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolUruguaiDiego Forlán

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.