Fortaleza anuncia demissão do técnico Daniel Frasson

A passagem de Daniel Frasson no comando do Fortaleza durou um pouco mais de três meses. O treinador foi demitido nesta segunda-feira após a derrota para o Guarani por 2 a 0 no último fim de semana, pelo Campeonato Cearense. A equipe da capital ocupa a segunda colocação no Estadual, com 21 pontos, dois a menos que o líder Icasa.Ex-jogador do Palmeiras, Frasson foi contratado em novembro para comandar a equipe nas três últimas rodadas do Brasileirão 2006 - o Fortaleza já estava rebaixado à Série B. Além da saída do comandante, a diretoria do clube cearense anunciou a dispensa do lateral-direito Ari, do zagueiro Allan, do atacante Nonato e do restante da comissão técnica."Infelizmente a exibição de domingo deixou muito a desejar e a pressão foi grande. Lamentamos pelo acontecido, mas já estamos procurando o acerto com outro profissional", disse o diretor de Futebol do Fortaleza, Renan Vieira. Os nomes mais cotados são os de Zé Teodoro e Giba.Classificado à segunda rodada da Copa do Brasil após passar pelo Sampaio Correa-MA, o Fortaleza disputará uma vaga nas oitavas-de-final contra o Atlético Goianiense, que eliminou o Guarani. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) reservou as datas 14 e 21 de abril para a realização desta fase da competição.Santa Cruz e Vitória também mudamA crise no Santa Cruz também fez o treinador Givanildo de Oliveira pedir demissão nesta segunda-feira. Eles já havia pedido para sair do clube pernambucano há três semanas, mas foi convencido pelo presidente Édson Nogueira a ficar. Charles Muniz assumirá o time.Já no Vitória, Mauro Fernandes acertou a sua saída após uma reunião com o presidente do clube, Jorge Sampaio. Segundo o treinador, sua permanência ficou insustentável depois da eliminação precoce na Copa do Brasil ao ser derrotado pelo Baraúnas-RN nos pênaltis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.