Pedro Chavesce/Fortaleza
Pedro Chavesce/Fortaleza

Fortaleza confia na reestreia do técnico Rogério Ceni para superar o Botafogo

Técnico é a principal novidade da equipe para iniciar uma nova fase no Brasileirão

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2019 | 09h28

Sem vencer há quatro rodadas no Campeonato Brasileiro, com um empate e três derrotas, o Fortaleza tentará reagir nesta segunda-feira, quando recebe o Botafogo na Arena Castelão, em Fortaleza, a partir das 20 horas, pela 22.ª rodada. Confirmado oficialmente como novo técnico neste domingo, Rogério Ceni já estará no banco de reservas para dar sequência ao trabalho que interrompeu em agosto ao aceitar uma proposta do Cruzeiro, clube do qual foi demitido na última quinta.

O retorno dele foi articulado para suprir a saída de Zé Ricardo, dispensado na última sexta-feira, horas depois da derrota por 4 a 1 para Athletico-PR, resultado que deixou o Fortaleza na 15.ª colocação com 22 pontos, a três da zona de rebaixamento. Quando se transferiu para o Cruzeiro, Rogério Ceni entregou o time em 14.º lugar com 14 pontos, a quatro da degola.

O técnico não ficou tanto tempo fora, mas foi o suficiente para que algumas mudanças ocorressem no Fortaleza. Ele vai encontrar, por exemplo, opções que não tinha no elenco durante a primeira passagem, como o meia Matheus Vargas e os zagueiros Adalberto, Jackson e Paulão. Se os nomes citados são novidades, os outros já estão familiarizados e reagiram positivamente ao anúncio da troca de comando.

"Ainda no hotel em Curitiba eu conversei com Zé Ricardo, marquei uma reunião com os jogadores e comuniquei a decisão. Comuniquei que a nossa escolha era o Rogério Ceni, de forma muito clara, e senti no semblante deles uma receptividade. O grupo, sem dúvida alguma, vai acolher o Rogério de braços abertos", disse o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, em entrevista coletiva.

Rogério Ceni se apresentou neste domingo e fez um único treinamento antes da reestreia pelo time cearense. Antes disso, Marconne Montenegro, técnico do sub-20, foi o encarregado de comandar os trabalhos. A tendência é que a escalação não sofra mudanças. Com Felipe Alves entregue ao departamento médico para se recuperar de uma lesão na coxa esquerda, Marcelo Boeck continua como titular no gol. O resto é mostrar ao chefe que ainda dá tempo de fazer uma boa campanha no Brasileirão.

Botafogo quer estragar a festa

O Botafogo tentará superar as duas derrotas sofridas nas duas últimas rodadas nesta segunda-feira,diante do Fortaleza. Os cariocas buscam a primeira vitória no returno também para evitar que os times que vêm da parte de baixo da tabela de classificação, entre eles a própria equipe cearense, comecem a se aproximar de forma perigosa.

Desde o início da competição comandado pelo jovem Eduardo Barroca, o clube de General Severiano tem 27 pontos e ocupa a 11.ª colocação, em uma posição intermediária, mas jogadores e comissão técnica não querem precisar de uma reação na parte final do campeonato para deixar para trás qualquer "flerte" com a zona da degola.

"Hoje o campeonato nos oferece três coisas: rebaixamento, Sul-Americana e Libertadores. Quanto antes a gente eliminar uma, mais jogos teremos para brigar pelas outras", comentou o técnico.

Para a partida desta segunda-feira, Barroca não poderá contar com o zagueiro argentino Joel Carli, em fase de transição por conta de uma lesão na coxa; o lateral-esquerdo Gilson, suspenso; e o meia-atacante Alex Santana, com uma torção no pé, ainda entregue ao departamento médico.

Para o lugar do capitão, Marcelo Benevenuto deve ser novamente a opção para formar o miolo de zaga ao lado de Gabriel. Na esquerda do setor, o jovem Lucas Barros, da base botafoguense, deve assumir mais uma vez o posto - jogou também contra o Ceará, pela 19.ª rodada -, enquanto que Marcinho, recém-convocado por Tite para a lateral direita da seleção brasileira, volta a jogar improvisado por aquele lado, só que no ataque.

Na posição de origem do jovem "selecionável", Fernando está de volta ao time depois de cumprir suspensão na última rodada. Mesmo caso de Luiz Fernando, que formará a linha de frente com Marcinho e Diego Souza.

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.