Fortaleza conta com torcida para não cair

"Foi o primeiro passo para a nossa permanência na primeira divisão". Assim o meio-campista Richarlyson definiu a vitória do Fortaleza por 5 a 3 em cima do Paraná, no domingo. O time cearense conseguiu subir uma posição, somou 48 pontos e foi do 22º para a 21º lugar na tabela. Mas ainda periga cair. Precisa vencer o Coritiba no próximo domingo e, assim, respirar um pouco mas aliviado contra a equipe da Ponte Preta, que também luta para não ser rebaixada.Contra o Coritiba, o Fortaleza tem a vantagem de mais uma vez jogar em casa, contando com o apoio da torcida - uma das mais fiéis do Brasileirão. A partida, que seria no estádio Presidente Vargas - com capacidade para menos de 20 mil torcedores -, foi transferida para o estádio Plácido Castelo (Castelão), que comporta até 60 mil pessoas.A idéia dos dirigentes é fazer com que a presença dos torcedores sirva para elevar a auto-estima dos jogadores e os empurre rumo à vitória, como na partida contra o Paraná.O técnico Márcio Araújo deverá repetir a mesma estratégia ofensiva, buscando o primeiro gol logo no início para "desmontar" o time adversário. A equipe, no entanto, só começará a ser estruturada a partir de quarta-feira, uma vez que esta segunda-feira foi de folga para os atletas e para a comissão técnica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.