Bruno Oliveira/ FEC
Bruno Oliveira/ FEC

Fortaleza encara Atlético-MG em busca de encerrar série de derrotas fora de casa

Equipe tricolor venceu apenas um dos últimos dez jogos pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

31 de janeiro de 2021 | 15h14

O Fortaleza voltou à zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e, para piorar, terá que superar desfalques e encarar uma série negativa fora de casa para se recuperar e seguir vivo na briga contra o descenso. O duelo do domingo, às 17 horas, será contra o Atlético-MG, um dos postulantes ao título, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela 33ª rodada.

O clube cearense não vence como visitante desde 22 de novembro de 2020, quando bateu o Botafogo, por 2 a 1. De lá para cá foram quatro derrotas seguidas fora de casa: Red Bull Bragantino (2 a 1), Sport (1 a 0), Internacional (4 a 2) e Atlético-GO (2 a 0).

Em campo, os problemas começam pela ausência do técnico Enderson Moreira, em quarentena por causa da covid-19. O time vai ser comandado por Léo Porto, auxiliar técnico fixo do clube. O zagueiro Paulão e o volante Juninho estão suspensos, enquanto o atacante Romarinho está com uma lesão na coxa esquerda. O time ainda tem cinco jogadores pendurados, que podem virar desfalques nas próximas rodadas: Bergson, João Paulo, Osvaldo, Ronald e Tinga.

Max Walef (cirurgia no joelho), Bruno Melo (lesão na coxa esquerda) e Roger Carvalho (lesão no quadril) estão entregues ao departamento médico. O lateral-esquerdo Carlinhos e o volante Felipe, enquanto isso, voltam de suspensão e garantem vagas entre os titulares. "Vai ser um jogo difícil. Sabemos da dificuldade. Se fosse outro time, a gente encararia o jogo do mesmo jeito. Tem que ser assim do início ao final", disse o zagueiro Jackson.

O Fortaleza abre a zona de rebaixamento, no 17º lugar, com 35 pontos, a mesma pontuação do Bahia que tem mais vitórias (10 a 8) e está fora da degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.