Reprodução/Facebook/FortalezaEC
Reprodução/Facebook/FortalezaEC

Fortaleza encara Botafogo sem Kieza e com esquema de 4 atacantes

Rogério Ceni quer conquistar a segunda vitória seguida no Brasileirão após ser goleado pelo Palmeiras na estreia

Redação, Estadao Conteudo

05 de maio de 2019 | 14h03

Os jogadores do Fortaleza já perceberam que disputar a Série A do Campeonato Brasileiro é matar um leão por rodada. Depois de vencer o Athletico-PR por 2 a 1 no Ceará, o time de Rogério Ceni já precisa se concentrar para enfrentar o Botafogo no próximo domingo, às 16 horas, no Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela terceira rodada.

A principal baixa para Rogério Ceni é o centroavante Kieza, que está emprestado pelo Botafogo e não pode atuar por força de contrato. Com a sua saída, Marcinho pode ganhar uma oportunidade ao lado de Wellington Paulista e Júnior Santos. O treinador dificilmente vai mexer no esquema com quatro atacantes, mas Edinho pode ter que atuar um pouco mais recuado para que o Fortaleza tenha vantagem numérica no meio de campo.

O elenco espera um jogo aberto e quer voltar com um resultado positivo na bagagem. "Todo jogo deve ser encarado como uma decisão porque estão em jogo os três pontos. Mesmo atuando fora de casa, vamos tentar a vitória", diz Rogério Ceni.

"A gente mostrou que tem capacidade de vencer. Mas não podemos cair na armadilha de que vai ser fácil. Lá, é uma equipe difícil de se ganhar. Jogo é jogado. Dentro do que a gente vem fazendo, é tentar dar o melhor. É uma equipe que tem que ser respeitada, porque na arena deles dá muito trabalho", analisa o goleiro Felipe Alves.

Na rodada de abertura do Brasileirão, o Fortaleza foi goleado pelo Palmeiras por 4 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.