Fortaleza goleia Gama e assume liderança da Série B

No Castelão, time do Ceará não tem dificuldades para fazer 5 a 1; Bragantino perde do Juventude

Agência Estado,

23 de maio de 2008 | 22h51

Com um futebol de alta velocidade e eficiente no ataque, o Fortaleza goleou o Gama por 5 a 1, nesta sexta-feira à noite, no Castelão, e assumiu provisoriamente a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. O Brasiliense também chegou aos sete pontos, mas perde no saldo de gols (7 a 3) ao bater o América-RN, por 1 a 0, na Boca do Jacaré. A terceira rodada será completada neste sábado e o Corinthians, com seis pontos, pode voltar ao posto, mas terá que vencer o ABC, em Natal. Veja também: Classificação Além da vitória no Castelão, o Fortaleza tem agora o artilheiro da competição. Com três gols - dois em cobranças de pênalti -, o meia Paulo Isidoro chegou aos cinco gols no torneio, superando a Dimba, do brasiliense, que tem quatro. O atacante Osvaldo, destaque da partida e que sofreu as duas penalidades, também balançou as redes uma vez. O último gol foi assinalado por Léo Jaime, nos acréscimos. O Gama é o lanterna, com três derrotas, ainda sem pontuar. O Brasiliense recebeu o América e venceu por 1 a 0. O autor do gol foi o meia Adrianinho, que entrou no segundo tempo e bateu cruzado, contando com a ajuda do goleiro Azul, que deixou a bola passar debaixo de seu corpo. Rebaixado à Série B na temporada passada, o time potiguar figura agora entre os rebaixáveis à Série C. Ainda não pontuou e fica em penúltimo lugar. Único paulista a entrar em campo nesta noite, o Bragantino perdeu em casa para o Juventude, por 1 a 0. No início da etapa final, Murilo Ceará aproveitou falha da defesa e acertou um belo chute cruzado. O clube gaúcho tem agora seis pontos, em sexto lugar. O Bragantino permanece com três pontos, em 13.º. Três partidas às 16 horas dão continuidade a terceira rodada, neste sábado. O duelo entre Barueri e Avaí, às 20h30, completa a rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
Brasileirão Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.