Fortaleza pede exclusão do Inter ao STJD

O Fortaleza decidiu, após reunião realizada hoje à tarde, entrar com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pedindo a exclusão do Internacional do Brasileirão. De acordo com o diretor do Departamento Jurídico do clube, Francisco José Gomes da Silva, o Inter usou um "laranja" - no caso um torcedor - e ingressou na Justiça comum para tentar impedir que o Corinthians fosse reconhecido como campeão da Série A deste ano. O clube cearense baseia-se no Artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CDJD), que proíbe os clubes de entrarem na Justiça comum e/ou se beneficiarem de medidas impetradas por terceiros. A pena prevista é a exclusão do campeonato e multa de R$ 50 mil a R$ 500 mil. Caso obtenha êxito na ação, o Fortaleza se beneficiaria ficando com a última vaga para a Sul Americana. Excluído do Brasileirão, o Inter perderia a vaga na Libertadores do ano que vem para o Palmeiras que, por sua vez, cederia lugar ao Fluminense. O Coritiba também sairia ganhando, permanecendo na Série A.

Agencia Estado,

07 de dezembro de 2005 | 19h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.