Reprodução/Fortaleza Twitter
Reprodução/Fortaleza Twitter

Fortaleza pega o Bahia em Salvador para entrar em zona de acesso à Sul-Americana

Zé Ricardo deve mudar esquema tático da equipe, deixando os três atacantes e adotando o 4-4-2

Redação, Estadão Conteúdo

15 de setembro de 2019 | 14h28

O Fortaleza espera surpreender o Bahia para entrar na zona de classificação para a Copa Sul-Americana. O duelo dos tricolores está marcado para este domingo, às 16 horas, na Arena Fonte Nova, pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão.

Em busca da reabilitação depois de ter perdido para o Fluminense, por 1 a 0, em casa, o Fortaleza está com 21 pontos e espera surpreender o time baiano, que vem embalado por uma sequência de três vitórias consecutivas na competição.

"Vai ser um jogo difícil na Fonte Nova, porque a torcida vai empurrar. Vamos fazer de tudo para somar os três pontos. Temos totais condições de fazer um grande jogo lá e conquistar um resultado positivo", afirmou o lateral-direito Tinga.

O técnico Zé Ricardo, que completou um mês no comando tricolor, só não vai poder contar com o volante Juninho. Titular no meio-campo cearense, ele pertence ao Bahia e fica de fora por questão contratual. Mariano Vázquez será o substituto.

A tendência ainda é a de que Zé Ricardo abandone o esquema com três atacantes e utilize o tradicional 4-4-2 para reforçar a marcação. Se isso realmente acontecer, André Luis vai para o banco de reservas e Marlon entra no time titular. O inverso pode acontecer no segundo tempo ou caso o time precise ser mais agressivo durante o jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.