Fortaleza sobe para a Série B após oito anos na terceira divisão

Tradicional equipe consegue o acesso mesmo com derrota para o Tupi-MG fora, por 1 a 0; cearenses fizeram 2 a 0 na ida

Estadão Conteúdo

23 de setembro de 2017 | 22h43

O Fortaleza é o segundo semifinalista do Campeonato Brasileiro da Série C e também o segundo clube a garantir o acesso para a Série B de 2018. Depois de oito anos de sofrimento, o clube cearense está de volta à segunda divisão nacional. A conquista foi assegurada mesmo com a derrota para o Tupi, por 1 a 0, na noite deste sábado, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora. Na ida, no Castelão, o Fortaleza tinha vencido por 2 a 0.

Nas semifinais, o Fortaleza vai enfrentar o Sampaio Corrêa que eliminou o Volta Redonda - venceu fora por 1 a 0 e empatou em casa por 1 a 1. O primeiro jogo será realizado no Ceará e o segundo no Maranhão porque o Sampaio tem melhor campanha. Os outros dois semifinalistas vão sair dos duelos entre São Bento e Confiança, no domingo, e do CSA contra o Tombense, na segunda-feira à noite.

A conquista foi emocionante, porque o Tupi lutou bastante. Afinal precisava vencer por 2 a 0 para levar a definição aos pênaltis ou por 3 a 0 para ficar com o acesso. O time mineiro marcou o gol da vitória somente aos 36 minutos do segundo tempo com Fernando. Depois foram mais 15 minutos de muita tensão. Até o apito final do juiz e a grande festa dos jogadores junto à torcida.

É o fim também de uma verdadeira sina. Nos últimos três anos, o Fortaleza foi eliminado nas quartas de final e dentro de casa, perdendo o acesso para Macaé, Brasil de Pelotas e Juventude. Por coincidência, ano passado, o técnico do Juventude era Antônio Carlos Zago que agora subiu com o Fortaleza, tendo dirigido o time apenas nos últimos cinco jogos.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.