Fortaleza vai explorar contra-ataques

O Fortaleza tentará vencer, neste sábado, o Corinthians explorando as jogadas de contra-ataque. A partida será às 18 horas, no Estádio Pacaembu. Há cinco jogos sem saber o que é vencer (quatro derrotas e um empate), o time cearense luta para sair da zona de rebaixamento e, assim, continuar na série A do Campeonato Brasileiro. "Vamos jogar pra ganhar", avisou o técnico Márcio Araújo. Ele confirmou que continuará adotando o esquema tático 4-4-2 com variações dentro de campo. O time também será quase o mesmo que empatou sem gols contra o Santos, no último dia 30, no Castelão. A única mudança acontecerá no meio-campo, com a estréia de Alexandre no lugar de Michel. O técnico pretendia lançar Alysson, mas o jogador foi suspenso por duas partidas na última terça-feira, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). No ataque, Vinícius, que era dúvida por causa de uma forte crise de amidalite, foi confirmado ao lado de Rena. Ele reagiu bem aos remédios e está pronto para a partida. O atacante, autor de nove dos 32 gols que o Fortaleza assinalou até aqui no campeonato, prometeu se esforçar em campo e, desta forma, garantir um bom resultado para sua equipe. "Mesmo fora de casa e contra uma equipe tradicionalmente forte", ressaltou. Márcio Araújo, no entanto, teme que o rendimento físico de Vinícius não seja 100%. No decorrer da partida, caso isso ocorra, o treinador tem duas opções: o reserva imediato Robson ou Ricardinho, que poderá atuar no meio, deixando apenas Rena nas finalizações. Este será o décimo jogo do Fortaleza contra time paulistas na competição. Nos nove anteriores, o clube cearense não conseguiu nenhuma vitória, apenas dois empates e sete derrotas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.