Leonardo Moreira/Fortaleza EC
Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Fortaleza vence Juventude, quebra jejum e 'fatura' 1.º turno da Série B

Comandado pelo técnico Rogério Ceni, o time cearense não vencia há quatro jogos

Estadao Conteudo

28 Julho 2018 | 18h38

O Fortaleza voltou a ser líder isolado da Série B do Campeonato Brasileiro ao vencer o Juventude, por 3 a 0, neste sábado à tarde, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela 18ª rodada. É o campeão simbólico do primeiro turno com uma rodada de antecedência.

+ Confira a tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

+ Paysandu vence e Figueirense perde chance de encostar no líder da Série B

+ CSA empata sem gols com o Avaí e desperdiça chance de assumir a ponta da Série B

Comandado pelo técnico Rogério Ceni, o time cearense não vencia há quatro jogos, mas agora soma 34 pontos, três a mais do que o vice-líder CSA, com 31. Além disso, leva vantagem no número de vitórias: 10 a 8. Já o time gaúcho, que vinha de duas vitórias seguidas, permanece com 24 pontos, na parte debaixo da tabela.

O Juventude começou na base do abafa. Tanto que em cinco minutos tinha conseguido cinco escanteios praticamente seguidos. Aos nove minutos, Denner foi lançado em velocidade e o goleiro Marcelo Boeck saiu por baixo e deu um tapinha aliviando a jogada.

Mas o Fortaleza deu a resposta aos 16 minutos, quando Marcinho fez jogada individual na grande área, foi até a linha de fundo e cruzou para a defesa parcial do goleiro Matheus e aliviada da defesa em seguida.

O time gaúcho, porém, era mais efetivo na frente. Assustou aos 23 minutos numa cabeçada de Elias, que tirou tinta do travessão, e aos 27 após escanteio cobrado por Pará e que resvalou na cabeça de dois jogadores na pequena área e saiu.

Só que o visitante abriu o placar no minuto seguinte, aos 28. Éderson recebeu no lado direito do ataque e levantou para a área, onde o zagueiro Adalberto apareceu livre e cabeceou de cima para baixo. O gol deu tranquilidade aos cearenses que ampliaram aos 37 minutos com o estreante Éderson. Ele foi lançado em diagonal na área por Felipe e bateu cruzado.

Na volta do intervalo, Julinho Camargo promoveu duas mudanças no Juventude. Colocou o volante Jair na vaga do lateral Pará e tirou o meia Tony para a entrada do atacante Guilherme Queiróz. Na pressão, criou duas chances de gol. Aos 10 minutos, Queiróz invadiu a área, perdeu o ângulo e recuou para o chute torto de Denner. Dois minutos depois Bertotto recebeu sozinho e chutou forte, mas Marcelo Boeck defendeu.

Faltava tranquilidade aos gaúchos, que acertaram a trave aos 25 minutos num chute cruzado de Ricardo Jesus. O Fortaleza, até pressionado, recuou e priorizou a marcação. Mas encaixou um contragolpe aos 28 minutos e quase ampliou. Marlon chutou de fora da área e Matheus Cavichioli espalmou para escanteio, numa grande defesa.

Mas o goleiro perdeu a paciência aos 38 minutos, quando o Fortaleza voltou com força ao ataque. O zagueiro Fred tentou matar a bola, mas ela ficou nos pés de Marcinho que saiu em disparada. O atacante tentou dar o drible da vaca em Matheus e recebeu dura falta fora da área. Matheus foi expulso e como as três trocas já tinham sido feitas, Matheus Bertotto foi improvisado no gol.

Aos 41 minutos, o volante mostrou entender da posição ao espalmar a falta cobrada no ângulo por Leonan. Mas, na cobrança de escanteio, a defesa não aliviou e Getterson bate de virada no canto baixo do improvisado Bertotto, fazendo 3 a 0.

Na última rodada do primeiro turno, o Juventude vai enfrentar o CSA na próxima sexta-feira, às 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). No sábado, o Fortaleza recebe o Coritiba na Arena Castelão, a partir das 16h30.

FICHA TÉCNICA:

JUVENTUDE 0 x 3 FORTALEZA

JUVENTUDE - Matheus Cavichioli; Felipe Mattioni, Rafael Bonfim, Fred e Pará (Jair); Matheus Bertotto, Diones, Leandro Lima e Tony (Guilherme Queiróz); Denner e Elias (Ricardo Jesus). Técnico: Julinho Camargo.

FORTALEZA - Marcelo Boeck; Diego Jussani, Roger Carvalho e Adalberto; Tinga, Nenê Bonilha (Derley), Felipe, Marlon e Leonan; Éderson (Getterson) e Marcinho. Técnico: Rogério Ceni.

GOLS - Adalberto, aos 28, e Éderson, aos 37 minutos do primeiro tempo. Getterson, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rafael Bonfim, Wagner, Jair e Felipe Mattioni (Juventude); Marlon, Diego Jussani, Roger Carvalho, Adalberto, Getterson e Felipe (Fortaleza).

CARTÃO VERMELHO - Matheus Cavichioli (Juventude).

ÁRBITRO - Wanderson Alves de Sousa (MG).

RENDA - R$ 40.700,00.

PÚBLICO - 3.108 pagantes (3.470 total).

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.