Fortaleza volta ao 4-4-2 contra o Santos

O treinador Márcio Araújo mexe no esquema tático do Fortaleza para o jogo deste sábado, às 16 horas, contra o Santos, no Castelão, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O time cearense, penúltimo colocado com apenas 26 pontos em 28 partidas, deixa de lado o esquema 3-5-2, seguido há três anos pelos ex-treinadores Luiz Carlos Cruz e Ferdinando Teixeira, e passa a adotar o 4-4-2 variando para 4-5-1. Com isso Márcio Araújo, que em dois jogos dirigindo o Fortaleza perdeu para o São Paulo (2 a 0) e Atlético Paranaense (3 a 1), quer quebrar o tabu de ainda o tricolor cearense não ter vencido nenhum time paulista no atual campeonato. Foram oito jogos com sete derrotas e apenas um empate (1 a 1 com o São Caetano). No jogo do 1º turno contra o Santos, o Fortaleza levou sua maior goleada na Série A (4 a 0, no dia 27 de abril, na Vila Belmiro). Os jogadores do time cearense passaram a semana longe de Fortaleza, na praia de Paracuru, a 80 quilômetros da capital. Foi lá onde Márcio Araújo testou o novo esquema tático. Com o advento da nova maneira de atuar foram "sacados" da equipe o volante Dude, o meia Ricardinho e o atacante Finazzi, entrando, respectivamente, Messias, Michel e Rena. O tricolor cearense está há quatro jogos sem saber o que é vencer, nem empatar. As duas derrotas foram para Bahia (1 a 0), São Caetano (3 a 0), São Paulo (2 a 0) e Atlético Paranaense (3 a 1). A última vitória foi contra o Fluminense, no dia 6 de agosto, por 3 a 1, no Castelão. Com apenas 31% de aproveitamento dos 84 pontos disputados, o Fortaleza está na zona de rebaixamento. E vai enfrentar exatamente o líder na Série A, o Santos que tem 64,3% de aproveitamento, com 54 pontos conquistados. A previsão é de um público superior a 30 mil pagantes. Foram postos à venda 50 mil ingressos. A expectativa é de estádio lotado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.