FPF animada com início do Paulistão

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, comemora: as duas primeiras rodadas do Paulistão/2005, em relação ao início do campeonato do ano passado, representaram um aumento de 96% de público, 65% de renda bruta e 470% de renda líquida. "Já esperávamos por isso. O Santos campeão brasileiro, o Corinthians reforçando o time, o Palmeiras e o São Paulo na Libertadores, chamaram muito a atenção do torcedor. E isso está se refletindo nas rendas", explica Marco Polo, lembrando que os índices de audiência dos jogos por televisão também foram melhores do que os de 2004.E o dirigente lembra ainda que os principais reforços que o Corinthians contratou ainda nem estrearam. "Quando o Tevez, o Dominguez, começarem a jogar, a torcida do Corinthians deverá comparecer em peso. Essa média poderá aumentar ainda mais."A partir de fevereiro, os times paulistas disputarão a Libertadores e a Copa do Brasil (dos grandes, só o Corinthians disputará esta competição). Mesmo assim, Marco Polo julga que esses dois torneios não deverão ofuscar o Paulista. "É preciso esperar para ver. De qualquer modo, a tradição do Campeonato Paulista costuma pesar muito nessas circunstâncias. Este é um torneio que não classifica para outra competição mais importante, como o Brasileiro, mas todo mundo quer ganhar o Paulista."Ao mesmo tempo, Marco Polo diz que os clubes cariocas estão ameaçados pelo campeonato com ingressos a R$ 1. "Não há como resistir a isso. Os clubes não vão suportar. Esse ingresso é marketing do Governo do Rio. Não sei por que os clubes entraram nessa."Nesta quarta-feira, Marco Polo estará em Brasília (DF) acompanhando presidentes de clubes do Interior. Eles têm audiência com o ministro dos Esportes, Agnelo Queiroz, e reivindicarão rapidez na medida provisória que alterará a relação entre atleta e clube, aumentando o valor da multa rescisória. "Do jeito que está, os clubes não vão suportar muito tempo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.