Divulgação
Divulgação

Boa gestão vai render bônus em dinheiro no Campeonato Paulista

Federação vai criar ranking e distribuir prêmios no Estadual

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2015 | 13h53

A Federação Paulista de Futebol (FPF) apresentou nesta segunda-feira o plano de remodelação da entidade e seu projeto de valorização do futebol. O principal ponto é a criação de um ranking para avaliação dos clubes, onde serão analisados gestão, transparência, uso da categoria de base e comportamento da torcida, entre outros itens.

Os clubes da séries A1 e A2 que tiverem melhor pontuação terão um aumento na receita variável, além de receber o fixo da FPF. Em três anos, um clube pode aumentar em até 50% o valor que recebe da entidade.

O dinheiro virá de novos patrocinadores que a federação tem buscado com o apoio de uma agência de publicidade contratada especialmente para cuidar desse projeto. A agência, inclusive, já criou um novo logotipo para a federação em homenagem aos 75 anos da entidade.

"Vivemos um momento muito difícil com um descrédito total no futebol e o País enfrentando uma crise econômica sem precedentes. Precisamos trabalhar em conjunto ou ficará ainda mais difícil. Esse projeto é para atravessarmos essa crise", disse o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos.

A federação vai montar um conselho de notáveis, composto por personalidades esportivas de renome para avalizar o ranking de clubes. A medida entra em vigor a partir de 2016. "A ideia é dar uma cara nova para o futebol paulista! Precisamos trabalhar juntos para um futebol melhor", afirmou Carneiro Bastos.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolFPFclubesCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.