Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

FPF e clubes de São Paulo entregam protocolo de retomada de treinos à prefeitura

Dirigentes aguardam o aval das autoridades de saúde para reiniciar os treinamentos presenciais na próxima segunda-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2020 | 14h51

Os presidentes de Corinthians (Andrés Sanchez), Palmeiras (Maurício Galiotte) e São Paulo (Carlos Augusto de Barros e Silva) e o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, se reuniram na manhã desta quinta-feira com o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, para discutir o retorno das equipes aos treinos.

Na reunião, que também teve as presenças do presidente do TJD-SP, deputado Delegado Olim, o secretário da Casa Civil, Orlando Faria, o secretário de Esportes, Maurício Landim, e o secretário Municipal de Saúde, Edson Aparecido, foi entregue ao prefeito o Protocolo de Retomada Gradual dos Treinos, elaborado pela comissão médica da FPF.

O documento detalha como será a retomada das atividades em São Paulo. Agora, Covas vai encaminhar o protocolo sanitário para análise da Vigilância Sanitária. Os clubes, que combinaram de retomar os trabalhos juntos, aguardam o aval das autoridades de saúde para reiniciar os treinamentos presenciais na próxima segunda-feira.

Se houver a autorização, todas as equipes terão de providenciar os testes para covid-19 para atletas, comissão técnica e funcionários. Depois dos exames, a ideia é que os jogadores comecem a treinar respeitando o distanciamento social, em pequenos grupos, e divididos em diferentes horários, assim como foi feito na Europa.

Dos 16 clubes do Paulistão, o Bragantino era o único que tinha o aval da FPF para realizar treinamentos presenciais. O clube de Bragança terá de parar com as atividades e recomeçar na próxima segunda-feira, assim como os demais.

Os demais clubes da elite do Campeonato Paulista também estão em contato direto com suas prefeituras para entrega formal do protocolo de treinos. O Campeonato Paulista foi suspenso em março, quando faltavam duas rodadas para a conclusão da primeira fase. Quando reiniciados, os jogos serão disputados sem torcida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.