FPF e SBT cobram Globo pelo Paulista

A Federação Paulista de Futebol vai entrar com uma ação de perdas e danos contra a Rede Globo de Televisão e a Rede Record pela transmissão de diversos jogos do Paulistão/2003. A informação é do departamento jurídico da entidade, comandado pelo vice-presidente Marco Polo del Nero. O SBT, que havia recebido a garantia da FPF de que exibiria os jogos da competição com exclusividade, adotará o mesmo procedimento.Segundo Guilherme Stoliar, superintendente comercial do SBT, a emissora aguarda apenas uma posição do Tribunal de Justiça de São Paulo, que irá julgar o mérito da questão nos próximos dias.A ação movida pela FPF terá por base os prejuízos que o campeonato sofreu por causa da confusão envolvendo as três emissoras. O SBT tinha contrato com a FPF. Já Globo e Record transmitiram as partidas amparadas por decisões judiciais.?Os prejuízos são muitos. A transmissão da Globo implicou em queda de público, entre outros problemas. E tivemos prejuízos também na publicidade estática dos estádios. Tudo deverá ser levado em consideração?, diz um funcionário do departamento jurídico da FPF.O SBT confirma que pagará até o dia 20 a última das quatro cotas de R$ 3 milhões pela transmissão do campeonato. A Rede Globo, por sua vez, está depositando o dinheiro em juízo. O presidente licenciado da FPF, Eduardo José Farah, prometeu repassar o dinheiro da Globo para cobrir prejuízos do SBT.?Mesmo que venhamos a receber os R$ 12 milhões da Globo, não conseguiremos cobrir os custos da transmissão do Paulistão. Lamento que a Globo não tenha agido corretamente. Até o final do ano passado, ela não tinha interesse na compra dos direitos do Paulistão e se mexeu ao saber da proposta do SBT. É muito difícil competir com a Globo, não adianta tentar tirar nada dela. Muitos clubes são subservientes à emissora?, acusou Stoliar.O executivo do SBT exemplifica sua opinião revelando os bastidores das negociações para a transmissão do Campeonato Brasileiro, que começa neste sábado: ?Fizemos proposta ao Clube dos 13 melhor que qualquer outra. Conseguimos duas cartas-fiança que garantiriam às equipes o pagamento integral da cota prometida. A Globo, que não apresentou nenhuma carta, foi escolhida para exibir as partidas. Isso desanima.?Segundo fontes do mercado, o SBT comercializou cotas no valor de R$ 20 milhões para a transmissão exclusiva do Paulistão. Como Globo e Record também mostraram os jogos, o SBT só teria recebido R$ 3 milhões. E a explicação é simples. Na final do campeonato, no último sábado, entre São Paulo e Corinthians, a Globo chegou a 54 pontos de audiência, contra 11 do SBT.O prejuízo atingiu a equipe de esportes do SBT. Nesta semana, seus integrantes foram avisados de que não terão o contrato renovado (vence na segunda-feira), pois a emissora praticamente desistiu de exibir o Brasileiro da Série B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.