Divulgação
Divulgação

FPF espera Palmeiras buscar taça e medalhas de vice do Paulistão

Entidade guarda objetos para entregar ao time alviverde, que tenta impugnar o resultado da decisão

Ciro Campos e Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2018 | 07h05

A Federação Paulista de Futebol (FPF) pagou a premiação aos clubes que disputaram o Paulistão na última segunda-feira e ainda espera que o Palmeiras vá buscar a sua taça e as medalhas de vice-campeão. O clube recusou o prêmio após ser derrotado pelo Corinthians na decisão do Estadual. 

+ Ralf sofre lesão no ombro e desfalca o Corinthians por até dois meses

+ Carille diz que viu o jogo pesado demais para a entrada de Pedrinho 

+ Palmeiras volta aos tribunais e pede impugnação da final do Paulista

O Estado apurou que os objetos estão guardados em uma sala na sede da FPF e a entidade espera que algum representante do Palmeiras vá buscá-los, mas não projeta uma data limite para a retirada. Após o jogo contra o Corinthians, em que o time alviverde foi derrotado nos pênaltis, os jogadores e comissão técnica alviverdes deixaram o gramado revoltados com a arbitragem e decidiram não receber o prêmio de vice.

Revoltados com a atuação da arbitragem no segundo jogo da final do Campeonato Paulista, o Palmeiras recusou receber a premiação em dinheiro, além de troféus e medalhas pelo vice-campeonato. A diretoria do time alviverde tenta anular o resultado por alegar interferência externa no cancelamento da marcação do pênalti de Ralf em Dudu. Após ter o primeiro pedido arquivado pelo TJD, o clube prepara uma nova investida com outras provas. Parte dos vídeos e imagens juntadas ao processo foram obtidas pela investigação da Kroll, empresa americana de inteligência contratada pelo clube.

O clube decidiu não participar de cerimônias relativas à final por protesto. Logo após a decisão o time não foi ao pódio receber medalhas e os troféus . No dia seguinte o Palmeiras também não enviou representantes para a festa de entrega dos prêmios dos melhores do Estadual, mesmo com oito jogadores na seleção do torneio e mais o técnico Roger Machado escolhido como destaque.

Na segunda-feira, a FPF depositou na conta dos clubes a quantidade referente a classificação final do Paulista. O Corinthians, campeão, ficou com R$ 5 milhões, enquanto o Palmeiras recebeu R$, 1,65 milhão, embora tenha dito que não aceitaria a quantia como protesto. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.