FPF explica erro no sorteio do árbitro que apita Palmeiras e São Paulo

Na transmissão, nome de Luiz Flávio de Oliveira aparece na tela antes da retirada da sua bolinha no globo

O Estado de S. Paulo

31 de janeiro de 2014 | 14h12

SÃO PAULO - Após erro no sorteio do árbitro que vai apitar o clássico entre Palmeiras e São Paulo domingo, a Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou nota explicando o equívoco ocorrido nesta sexta-feira. No sorteio transmitido pela entidade, o nome de Luiz Flávio de Oliveira aparece na tela antes mesmo da retirada da bola número 1 do globo, a que indicava, por coincidência, o árbitro paulista.

De acordo com a FPF, ocorreu um erro por parte do operador de GC (gerador de caracteres) da tevê, que, naquele momento, deveria colocar uma arte referente à partida. A entidade explica que a imagem era a primeira da lista de jogos. O primeiro nome da lista de árbitros também era o de Luiz Flávio. "Como o primeiro jogo sorteado é sempre o clássico da rodada, o mesmo fica no topo da coluna de jogos do programa de GC. Acima fica a lista dos árbitros que poderão ser sorteados", diz a nota.

No texto, a FPF divulgou retratação escrita pelo próprio operador. "Eu, Alvaro Neto, operador do Gerador de Caracteres no sorteio dos árbitros para a quinta rodada do Paulistão Chevrolet 2014, realizado nesta quinta-feira, 30/01/2014, na sede da Federação Paulista de Futebol, declaro que durante a operação me equivoquei na inserção do GC da partida entre Palmeiras e São Paulo", ressaltou o funcionário.

 

.

Em abril de 2011, na semifinal do Campeonato Paulista, disputada entre Corinthians e Palmeiras, o Jornal da Tarde, do Grupo Estado, antecipou o árbitro da partida, Paulo César de Oliveira. A escolha ocorreu após acordo entre os dois clubes, com o aval da Federação Paulista. Depois, o sorteio da entidade ratificou o nome.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.