FPF lança bola e regulamento do Campeonato Paulista 2008

Competição será disputada num único turno, com os quatro melhores avançando para a disputa das semifinais

Milton Pazzi Jr. e Alan Rafael Villaverde, do estadao.com.br,

23 de outubro de 2007 | 21h27

A Federação Paulista de Futebol (FPF) lançou nesta terça-feira a bola e o regulamento do Paulistão 2008. A competição, com 20 clubes, terá o mesmo sistema do torneio deste ano, com um turno único de 19 jogos, semifinais, e finais.   A bola de 2008 será a KV Carbon 12, da Topper, que foi desenvolvida segundo padrões internacionais aprovados pela Fifa. A bola, que deve chegar às lojas com o preço de R$ 149,99, promete ter um sistema de amortecimento que reduz o impacto.   "O grande destaque do Paulistão é que cada jogo vale seis pontos", conta Marco Polo Del Nero, presidente da FPF. "A competição será voltada para uma campanha de paz. Queremos as famílias novamente no estádio, expulsando os vândalos."   Sobre a arbitragem, Del Nero acredita que os árbitros estão preparados para fazer um bom papel. "Estamos trabalhando bastante nesse lado e damos o exemplo com as novas técnicas de treinamento que são impostas aos juízes."   "Acabou aquela coisa de má fé no futebol paulista. Não há juízes que trabalham com lobistas", contou o presidente, se referindo a Edilson Pereira de Carvalho. "O coronel Marinho [presidente da comissão de arbitragem] promoveu uma revolução no quadro", completa Del Nero.   Sobre inovações, o dirigente afirmou que irá esperar por decisões da Fifa. "Não vamos mudar nada sem consultá-la. Até porque tomei uma bronca de Joseph Blatter. Iremos esperar pelo aval da Fifa antes de qualquer coisa."   Na festa da FPF, algumas personalidades do esporte desfilaram com o uniforme branco produzido para promover a paz na competição. Dentre eles estiveram Ana Paula de Oliveira, Viola e Maria Eliza.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão 2008FPF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.